RCB/TuneIn
Quinta, 22 Ago 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
CONTRA AS PORTAGENS
A c?mara municipal de Belmonte est? contra a introdu??o de portagens na A23. Para o presidente da autarquia, a confirmar-se, "? uma p?ssima not?cia para toda a regi?o".
Por Paulo Pinheiro & Nuno Miguel em 16 de Sep de 2010

Na sequência da última proposta do Governo, o tema foi abordado na última reunião pública do executivo. Maioria e oposição estão de acordo: a introdução de portagens na auto-estrada da Beira Interior vai prejudicar gravemente a região. O presidente  da câmara municipal está defraudado, desagradado e muito preocupado com as medidas anunciadas pelo executivo liderado por José Sócrates

"Esta auto-estrada é uma via estruturante para a região, não é de passeio, faz muita falta ao Interior e promove o desenvolvimento desta zona do país. Se for transformada numa estrada do litoral, estamos a ser altamente prejudicados", afirma Amândio Melo.

O autarca lamenta que a decisão seja tomada por um Governo que tem na sua composição vários elementos oriundos da região, sublinhando que as populações não podem aceitar a decisão de bom grado

"Não podemos aceitar pacificamente que não tendo nada ainda nos retirem alguma coisa. Nada foi alterado e hoje estamos pior que há dez anos, porque temos cada vez menos gente", refere Amândio Melo.

A oposição também se mostra contra a medida. Jorge Amaro garante que os dois vereadores, que passam a ter o estatuto independente, estão solidários com todas as posições que venham a ser assumidas pelas comissões de utentes da A23 e A25

"Como beirões que somos, independentemente das isenções previstas na lei, vamos estar ao lado das comissões de utentes e das decisões que venham a ser tomadas, porque o que está em causa é o desenvolvimento do interior o país", refere o autarca.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados