RCB/TuneIn
Quinta, 25 Fev 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
PSD EXIGE REFORÇO DE EFECTIVOS DA GNR
Rádio Cova da Beira
A comissão política distrital do PSD exige ao governo um reforço do número de vagas na abertura de futuros concursos de acesso à GNR para colmatar o problema da falta de efectivos no distrito de Castelo Branco. Uma reivindicação apresentada no final de uma reunião com o comandante do destacamento territorial da Guarda Nacional Republicana.
Por Nuno Miguel em 22 de Feb de 2021
Em comunicado, a distrital do PSD sublinha que o encontro decorreu na sequência da suspensão temporária de funcionamento de dez postos da GNR do distrito. Uma situação que ficou a dever-se ao facto de aquela força de segurança se ter visto afectada, na sua operacionalidade, pela situação de pandemia”, tendo sido informada que os postos “vão reabrir progressivamente e nenhum encerramento vai ter carácter definitivo”.
Os social democratas acrescentam que o problema da falta de operacionalidade resulta de dois factores. O primeiro diz respeito à falta de recursos humanos “sendo ainda de assinalar que uma parte significativa dos militares se encontra perto da idade da reforma não sendo substituídos por novos efetivos. É por isso necessário um aumento de vagas na abertura de futuros concursos de acesso à GNR para colmatar este problema”.
A outra situação apontada pelo PSD é a necessidade “urgente de realizar obras de manutenção nos postos de atendimento da GNR espalhados pelo Distrito de Castelo Branco, alguns deles em péssimo estado e sem condições dignas para os militares realizarem cabalmente a sua missão” sublinhando que “as intervenções de melhoria realizadas têm sido sustentadas única e exclusivamente pelas autarquias” pelo que os social democratas reivindicam “ uma intervenção mais profunda do ministério da administração interna na comparticipação financeira de obras”.
A distrital do PSD sustenta ainda que “a prática governativa continua a revelar uma visão manifestamente distorcida das prioridades em relação ao Interior, como revela o recente anúncio do investimento de um milhão e 800 mil euros de euros num memorial às vítimas do incêndio de Pedrógão Grande. A defesa do interior não se faz com anúncios mediáticos, mas sim com soluções efectivas de longo prazo”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados