RCB/TuneIn
Quarta, 18 Set 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
VIT?RIA DO FUND?O, RUMO ? LIDERAN?A
Discernimento, concentra??o e confian?a est?o na base desta vit?ria. N?o se pense que foi tarefa f?cil, embora a equipa de Jo?o Laia defrontasse o ?ltimo classificado do Campeonato.
Por Jo√£o Perquilhas em 06 de Apr de 2008

A equipa do Fundão entrou na partida consciente do que teria que fazer para garantir os três pontos, estudando primeiro a movimentação global dos donos do terreno e a partir do minuto 20 passou a dominar completamente a partida. Nesse minuto, David Barbosa, desperdiçou a primeira oportunidade de golo, rematando para as nuvens, mas quatro minutos depois os anfitriões deram um ar da sua graça e por pouco não causavam surpresa. Valeu um atento Tiago Ramos a evitar que o remate, com selo de golo de Bino só parasse no fundo das suas redes.  Na resposta, Ricardo Fonseca, com um remate cruzado, obrigou Mendonça a defesa muito complicada para canto e, até ao intervalo, também David Barbosa, Cristiano Costa, André Cunha e ainda Óscar Menino não conseguiram materializar em golos todo o ascendente da sua equipa.

Para a segunda metade a toada do jogo manteve-se, mas o Fundão nunca caiu na tentação do chuveirinho para a área, acreditando sempre que com o seu futebol apoiado conseguiria furar a teia defensiva antagonista. Ao minuto 75, João Laia mexeu no seu xadrez, o que se revelou fundamental para a obtenção do primeiro golo. E fundamental porquê? Porque João Morais, seis minutos após ter entrado na partida, inaugurou o marcador, mas não se ficou por aqui, uma vez que deu, aos 86 minutos, o segundo a marcar, a Rui Paulo, e acabou por bisar, já em cima do minuto 90. Foi, enfim, uma vitória mais que justa do conjunto fundanense, perante um opositor que fez tudo o que podia.

Excelente trabalho da equipa de arbitragem, chefiada por Gonçalo Carreira.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados