RCB/TuneIn
Sexta, 15 Jan 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
BCB APROVA ORÇAMENTO PARA 2021
Rádio Cova da Beira
A assembleia geral do Benfica e Castelo Branco aprovou por maioria o plano de actividades da colectividade para o próximo ano. Na reunião magna que decorreu ontem ao final da tarde, nas instalações do cine teatro avenida, os associados deram também luz verde a um orçamento de 370 mil euros, dos quais 60 por cento são canalizados para o futebol sénior e 40 por centro para os escalões de formação.
Por Nuno Miguel em 27 de Nov de 2020

Outras da categoria:

De acordo com o presidente da direcção do Benfica e Castelo Branco apesar da época atípica que todos os clubes estão a viver, devido à situação de pandemia, o clube apresenta um orçamento realista e com muita ambição “existe uma redução grande em relação ao orçamento anterior, cerca de 20 por cento em relação ao futebol sénior, mas ao nível dom investimento ele vai ser dividido em cerca de 40 por cento para os escalões de formação e o restante para a parte sénior. É um orçamento realista e que demonstra a nossa ambição em termos desportivos e conseguimos fazer algumas poupanças em relação a algumas questões. Sabemos bem aquilo que é essencial e aí não podemos perder o nosso foco”. 
A nível desportivo, apesar de o investimento no futebol sénior ter uma diminuição de 20 por cento em relação à última temporada, Jorge Neves sublinha que o grande objectivo do Benfica e Castelo Branco passa por conseguir estar presente na próxima época na liga três, na sequência da reformulação dos quadros competitivos na época que está em curso “para o ano vai começar a liga três e entendemos que o nosso clube e a nossa cidade tem de estar nessa competição. Esse é o grande objectivo que temos para a próxima temporada e para isso temos que estar entre os primeiros quatro classificados da nossa série. É isso que nos move e vamos trabalhar no sentido de incentivar a equipa técnica e os jogadores a alcançar essa meta. Sabemos que muitas vezes os objectivos traçados não se conseguem cumprir por motivos que escapam à nossa atenção, como a sorte ou as lesões. São coisas que não podemos controlar, mas a garantia que deixo aos nossos sócios e adeptos é que vamos trabalhar afincadamente para o conseguir”.

c/ João Perquilhas  

  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados