RCB/TuneIn
Quarta, 27 Jan 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
PSD: PROPOSTAS DESCARTADAS
Rádio Cova da Beira
A câmara municipal da Covilhã não vai incluir, no orçamento para 2021, nenhuma das propostas que foi apresentada pelo PSD ao abrigo do estatuto do direito de oposição.
Por Nuno Miguel em 26 de Nov de 2020
Em comunicado, os social democratas afirmam que as propostas recaíram no apoio às IPSS e no investimento nas freguesias, tendo sido proposto que “o orçamento incluísse apoio às IPSS que, estandoactivamente no terreno, desenvolvem um papel fundamental na mitigação dos efeitos da pandemia junto das famílias mais necessitadas e são aqueles que, pela proximidade, melhor as conseguem auxiliar”.
Sendo a economia “um pilar fundamental da nossa sociedade e o apoio ao comércio local um chavão tantas vezes utilizado” o PSD Covilhã propôs que no orçamento fossem “inscritas verbas destinadas a apoiar os comerciantes, tendo em conta as circunstâncias que este sector mais tem sentido neste contexto pandémico, desde Março passado”.
Para o PSD da Covilhã “sem investimento não haverá fixação de pessoas e estes são dois graves problemas que o concelho da Covilhã têm vindo a enfrentar. Assim, foi proposta a criação de condições de investimento para o concelho, juntamente com incentivos à fixação de famílias”.
Os social democratas acrescentam que “paralelamente, é notória a falha de investimento das freguesias, nomeadamente na rede viária. Por essa razão, o executivo foi alertado para a necessidade de investimento nessa área, assim como para a necessidade do levantamento das habitações devolutas do concelho” e lamentam que “inda que tenha considerado válidas algumas das nossas propostas, o executivo descartou a sua totalidade por entender que as prioridades definidas para 2021 vão noutro sentido”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados