RCB/TuneIn
Sexta, 27 Nov 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
CONTRADANÇA APRESENTA "CONSUBSTANCIAÇÃO"
Rádio Cova da Beira
No âmbito da 11ª edição do ContraDança - Festival de Dança e Movimento Contemporâneo, organizado pela ASTA, esta quinta-feira, 21:30h, o palco do Nem Hand Lab recebe "Consusbstanciação", de Dinis Machado.
Por Paulo Pinheiro em 29 de Oct de 2020

Consubstanciação é um espetáculo drag pós somático e não mimético. Deslocando-se de uma representação binária de género e sexualidade, a performance parte da criação de um imaginário de um “entre” e da sua encarnação: um corpo humano aproximando-se de um géneroobjeto.

Abraçando a condição de objeto como uma mandala para um terceiro género, esta figura entra num processo simultâneo e paradoxal de auto-objectifcação e desaparecimento somático (cancelamento de sua subjetividade).

Dinis Machado procura um imaginário paralelo de género, estranho à estética mainstream sedimentada do queer. Um exercício de deslocamento onde: roupas com gliter são substituídas por processos de modificação e sabotagem do corpo com objetos geométricos de materiais concretos; coreografas estilizadas dão lugar a padrões de movimentos misteriosos; canções pop dão lugar a narrativas de identidade multifacetadas e ambíguas cantadas como numa ópera dodecafónica, que produz mais uma ficção incompleta do que uma legitimação narrativa do eu. Esta figura investe em condicionamentos estranhos e deformações de seu próprio corpo, encontrando na materialidade, geometria e plasticidade um processo de questionar o corpo na sua representação auto-antropomórfca e reclamando assim um corpo de uma materialidade queer: que se recusa a reproduzir representações lineares de heterossexualidade, masculinidade e antropomorfismo, e se recusa também paradoxalmente a abandoná-las.

 

A Criação e interpretação é de Dinis Machado.

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados