RCB/TuneIn
Sexta, 27 Nov 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
COVID-19: CRISE PANDÉMICA NA SCMB
Rádio Cova da Beira
A Santa Casa da Misericórdia de Belmonte (SCMB) apela a todo os que estão dispostos a realizar trabalho de apoio social, inseridos em programas da Segurança Social, ou de modo simplesmente voluntário, que entrem em contato com a instituição.
Por Paulo Pinheiro em 25 de Oct de 2020

Para o provedor da Santa Casa da Misericórdia  de Belmonte  a "crise pandémica na instituição exige um esforço gigante por parte dos nossos profissionais". É por este motivo que José Figueiredo deixa um a todas as pessoas dispostos a realizar trabalho de apoio social que contactem com a IPSS. De acordo com aquele responsável, existe já um conjunto de pessoas que iniciam funções  esta semana, "mas todos somos poucos".

 

"Apesar de a situação ser difícil, temos que evitar situações de pânico, normais neste tipo de situações", refere o provedor da SCMB, que acrescenta tratar-se de assegurar a capacidade de resposta e apoio aos idosos, com intuito de evitar situações de rutura nos serviços.

 

"Para situações difíceis, exige-se uma resposta forte", conclui.

Refira-se que os últimos números divulgados pela misericórdia de Belmonte indicam a existência de 54 utentes (cerca de 60% do total) infectados com o novo coronavírus e nove funcionários.

 

"Trata-se de uma situação bastante delicada, mas não trágica, até este momento. Isto porque fruto da competência e abnegação dos nossos recursos humanos, temos feito tudo o que é preciso para evitar, que o surto seja o menos agressivo possível para a nossa população idosa. Uma situação, impossível de conter, pois é uma estrutura de grande dimensão, quer a nível de utentes, quer a nível de trabalhadores, embora tenhamos respeitado o Plano de Contingência e as recomendações da DGS", assegura o provedor da SCMB.

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados