RCB/TuneIn
Sexta, 27 Nov 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
GONÇALO SALVADO VENCE PRÉMIO INTERNACIONAL DE POESIA
Rádio Cova da Beira
O livro de poesia “Denudata”, da autoria do poeta português, com a chancela da RVJ Editores, acaba de ser distinguido com o prémio Álvares de Azevedo atribuído pela união brasileira de escritores, com sede no Rio de Janeiro.
Por Nuno Miguel em 20 de Oct de 2020
O prémio literário, comunicado ao poeta pela directoria da união brasileira de escritores, é considerado um dos mais importantes do género no Brasil, foi já outorgado a poetas de grande relevo na poesia de língua portuguesa, como o brasileiro Ferreira Gullar.
Gonçalo Salvado considera que “este prémio constitui uma importante prova de reconhecimento do meu labor poético, que muito me honra e é quase um símbolo para mim, na medida em que é batizado com o nome de um poeta, autor de alguns dos mais emblemáticos poemas amorosos da poesia brasileira, ligado ao romantismo, movimento com o qual, interiormente, sempre me identifiquei”.
O livro “Denudata” é ilustrado com desenhos inéditos do escultor Francisco Simões e fotografias de Manuel Magalhães A obra tem prefácio do poeta brasileiro Carlos Nejar e com um texto de abertura da crítica de arte e poeta Maria João Fernandes.
Gonçalo Salvado é também o director da colecção “Poesia Pintura e Vinho”, da editora Lumen. Esta é a segunda distinção que Gonçalo Salvado conquista no Brasil. Em 2013, foi atribuído ao poeta pela união brasileira de escritores do Rio de Janeiro o prémio Sophia de Mello Breyner Andresen pelo conjunto da sua obra poética.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados