RCB/TuneIn
Domingo, 25 Out 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
"ERICAE TRIO" EM CASTELO BRANCO
Rádio Cova da Beira
No âmbito do Festival Das Artes Da Beira Baixa, este domingo, 20 de Setembro, pelas 17:00h, o Museu Francisco Tavares Proença Júnior, em Castelo Branco, recebe o concerto de "Ericae Trio".
Por Paulo Pinheiro em 20 de Sep de 2020

Elementos que compõem o trio:

 

Ana Sofia Ventura ( Soprano)

Em 2014 terminou a sua licenciatura em canto na Escola Superior de Música de Lisboa, na classe do professor Luís Madureira. Entre 2015 até 2017, integrou a International Opera Academy, em Ghent (Bélgica), sob a direção de Hein Boterberg e Dietrich Henschel. Actualmente faz trabalho de aperfeiçoamento técnico com Lúcia Lemos. Participou como Susanna na ópera Le Nozze di Figaro de W. A. Mozart (direcção: Brian Mackay, encenação: Roberto Recchia); como Primeira Dama e Zerlina, em Die Zauberflöte e Don Giovanni de W. A. Mozart, respectivamente (direcção: Pedro Amaral; encenação: José Vaz); como Bastienne, em Bastien und Bastienne de W. A. Mozart (direcção: David Anne); como Cephisa, em Orpheus de G. P. Telemann; (direcção: Korneel Bernolet, encenação: Guy Joosten); como Cisne Preto, em Zwanemas, numa nova produção encenada por Guy Joosten; como Princesa, em Der gestiefelte Kater de C. Cui (direcção: Hein Boterberg, encenação: Lucija Brnic); e como Civene, em Le Cinesi de C. W. Gluck (direcção: Hein Boterberg, encenação: Yan Schmitz). Participou como Tirsi na estreia moderna de La Ninfa del Tago de A. Scarlatti, com a Orquestra Metropolitana de Lisboa sob a direcção de Enrico Onofri. Participou igualmente em Drumming de S. Reich; como Anjo, em Lauda per la Navità del Signore de O. Respighi, em O King de L. Berio e no The Messiah de G. F. Handel. Como soprano I, participou na estreia da obra Courage to the follow way... de Daniel Davis.Frequentou cursos de aperfeiçoamento com Bernarda Fink, Nathalie Dessay, Laurent Naouri, José van Dam, Linda Watson, Lieve Jansen, Jill Feldman, Yvonne Minton, Alfredo Abbatti e Wim Henderickx (Repertório Contemporâneo), Alberto Zedda (Bel Canto) e Crissman Taylor (Técnica Alexander).


Rita Pires (Piano)


Natural de Proença-a-Nova, Rita Pires teve o seu primeiro contacto com a música aos 7 anos de idade, tendo começado os seus estudos com aulas particulares de piano com a pianista Joana Sá durante dois anos. aos 14 anos retomou a actividade musical na Academia de Música de Proença-a-Nova, tendo tido aulas de piano durante dois anos lectivos. Em 2013 começou a ser orientada pela professora e pianista Evandra Celis, tendo realizado, em 2016, o exame de 8º grau de piano como externa, no Conservatório Regional de Castelo Branco. No mesmo ano, entrou na Escola Superior de Artes Aplicadas em Castelo Branco, onde iniciou a licenciatura no curso de Música, na variante de instrumento de piano, na classe da professora e pianista Luísa Tender. No presente ano de 2019 concluiu a licenciatura e iniciou o mestrado em Ensino de Música na mesma escola, na classe da pianista Natalia Riabova. entre aulas e masterclasses, também teve a oportunidade de estudar com os pianistas António Rosado, Marta Menezes e João Bettencourt da Câmara. Paralelamente aos estudos, participou ao piano com a orquestra de sopros da Sertã (FUS) (2016) e fez parte do espectáculo de teatro musical "Na Bagunça do Teu Coração" organizado pela Yellow Star Company, tendo realizado espectáculos no distrito de Castelo Branco e em Lisboa (Teatro Armando Cortez) (2017).


Rita Mendes (Flauta Transversal)


 Iniciou os seus estudos na Filarmónica União Sertaginense aos 5 anos. Começou a ter aulas de flauta transversal no Conservatório da Golegã aos 12 anos. Aos 15 ingressou no Conservatório de Música Jaime Chavinha em Minde na classe do professor Nuno Inácio e mais tarde na do professor Ricardo Alves. Em 2012 concluiu a Licenciatura em Medicina Nuclear e ingressou na Escola Superior de Música de Lisboa
(ESML), onde concluiu a Licenciatura em Música, Flauta Transversal em 2015. Participou na gravação do CD "Reflections" com a Orquestra de Sopros da ESML e em 2019 gravou e estreou a peça "Queóps" para trio de flautas. Frequentou masterclasses com professores internacionais como Trevor Wye, Berten D'Hollander, Alan Weiss, Julien Beaudiment, entre outros. Tem também participado em diversos concursos tendo obtido o 2º Prémio na quinta categoria do concurso "Sons Cabral" em 2018.
Actualmente frequenta o Mestrado em Ensino de Música na ESML e estuda na classe do professor Vasco Gouveia na Academia Musical dos Amigos das Crianças. Desde 2012 é professora de flauta transversal no Projcto de Orquestra Escolar no concelho de Sintra.

 

A entrada no concerto é gratuita. 



  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados