RCB/TuneIn
Sábado, 24 Out 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
SITUAÇÃO É INACEITÁVEL
Rádio Cova da Beira
O presidente da secção regional do centro da ordem dos médicos considera inaceitável o atraso na colocação de médicos de família, recém- especialistas na região centro.
Por Nuno Miguel em 17 de Sep de 2020
Em comunicado Carlos Cortes afirma estar muito preocupado com a situação “esta semana assistimos ao regresso da actividade escolar, estamos a aproximar da época outono/inverno onde se pode assistir ao aumento gradual das infecções respiratórias, e, neste contexto tão sensível, os recém-especialistas em medicina geral e familiar continuam a aguardar a colocação”.
O presidente da secção regional do centro da ordem dos médicos acrescenta que “estamos a aguardar a colocação dos médicos de família, sem se perceber ainda o motivo deste atraso. Já passou mais de um mês depois da publicação do aviso de abertura do concurso e não temos respostas efectivas. São 396 médicos de família, 65 na região centro, que estão a aguardar colocação”.
Carlos Cortes sublinha que “os médicos de família estão a aguardar colocação para poder desempenhar adequadamente as suas funções e dar resposta à extensa lista de utentes sem médico de família. Por outro lado, face à emergência sanitária que estamos a atravessar e às necessidades dos utentes, especialmente os mais vulneráveis, é urgente contratar os médicos recém-especialistas”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados