RCB/TuneIn
Sábado, 26 Set 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
COMEÇOU A VINDIMA NA ADEGA DO FUNDÃO
Rádio Cova da Beira
A campanha das vindimas, na adega cooperativa do Fundão, já começou. Desde o passado dia 2 de setembro, que a adega está a receber uvas dos associados. As quebras poderão andar entre os 30 e os 50%, mas a qualidade não foi afetada pelas condições climatéricas.
Por Paula Brito em 16 de Sep de 2020

Em entrevista à RCB, o presidente da direção da cooperativa do Fundão, António Madalena, fala da campanha deste ano, que deverá ter perdas entre os 30 e os 50%.

 

“Tivemos adversidades climatéricas, as geadas e o granizo bateu forte, o verão também foi muito seco, é difícil estimar as quebras, que poderão ser de 30%, 50%, vamos ver, no final.”

 

Com cerca de 600 associados, apenas 400 depositam uvas regularmente. Este ano, a santa casa da misericórdia do Fundão, que foi readmitida como sócia, também vai entregar as uvas na cooperativa.

 

“Tem havido novos associados, alguns irão colocar mais uvas na adega, temos a santa casa do Fundão que também vai lá colocar as uvas este ano.” Recorde-se que a misericórdia fundanense tinha sido expulsa de sócia, mas segundo António Madalena, “vai haver uma readmissão, face aos novos estatutos, a santa casa tem uma boa produção de uva e de qualidade, ajuda aos vinhos da adega.”

 

O pagamento aos sócios da campanha que agora começa, deverá ser feito, na totalidade, até final do ano, sendo que metade é pago a 30 dias, após a entrega.

 

“Temos a campanha do ano passado paga e vamos pagar esta. Este ano vamos pagar, pelo menos, 50%, um mês após a entrega e no final do ano, limpamos tudo.” 


Quanto ao valor que vai ser pago aos associados, “contas feitas, as uvas vão ter uma média de valor de 32 cêntimos o quilo, para ter uma ideia, quando nós entrámos, pagava-se a 16 cêntimos o quilo.”

 



  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados