RCB/TuneIn
Segunda, 12 Abr 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
GUARDIÕES PREOCUPADOS
Rádio Cova da Beira
A associação “Guardiões da Serra da Estrela” vem, em nota publicada no seu site, manifestar a sua preocupação para as “consequências nefastas” caso se concretizem contratos de exploração de lítio e seja viabilizada a sua exploração.
Por Nuno Miguel em 05 de Sep de 2020
De acordo com a associação só no distrito foram efectuados pedidos de celebração de contratos de concessão de exploração nos concelhos de Covilhã, Fundão, Belmonte, Penamacor, Idanha-a-Nova e Oleiros que vão “trazer impactos ao nível do abastecimento da água, da poluição do ar e da água, da destruição da flora e da fauna existentes e da alteração irreversível da paisagem, factos estes muitas vezes intencionalmente desvalorizados ou omitidos”.
Os “Guardiões” acrescentam que “os pedidos de licenciamento de a viabilizar serão na maioria dos casos, em mineração pelo método a céu aberto, que inevitavelmente terão associadas escombreiras de grandes dimensões e as infraestruturas e edifícios de apoio. Associados a esta problemática são inerentes os impactos sociais, pois estamos a falar da exploração de recursos finitos que não fixam habitantes nem promovem a empregabilidade a longo prazo”.
A associação refere que caso este processo seja concretizado “restará o claro empobrecimento destes concelhos em termos dos patrimónios naturais e ambientais, da redução dos seus recursos hídricos, da destruição de alguns sectores da economia local, como os relacionados com o turismo de natureza, e será claramente colocado em causa o direito ao bem estar das populações residentes, promovendo afinal a aceleração da desertificação humana que existe há décadas e que nos últimos anos se tem combatido por quem vive no interior e sem qualquer apoio do governo”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados