RCB/TuneIn
Segunda, 25 Jan 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
DOCENTE DO IPCB INTEGRA PROJECTO E-CO-VIG
Rádio Cova da Beira
João Pedro Valente, docente da Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias do Instituto Politécnico de Castelo Branco, é um dos criadores do E- Co-Vig. Uma proposta que pretende encontrar formas acessíveis de monitorizar sinais fisiológicos de pacientes com Covid-19 que estejam sujeitos a quarentena domiciliária ou em isolamento num hospital ou lar de idosos.
Por Nuno Miguel em 28 de Aug de 2020
Apoiado pela linha de financiamento excepcional a cargo da fundação para a ciência e a tecnologia, o projecto permite fazer o acompanhamento remoto e em tempo real da sintomatologia dos indivíduos em vigilância clínica por suspeita de terem contraído o novo coronavírus.
Em comunicado, o IPCB refere que “a informação recolhida inclui um diário com a identificação das alterações sintomatológicas, sendo a respiração, a saturação de oxigénio, o pulso ou a tosse monitorizados através de um smartphone. Esta é depois enviada para a plataforma «BrainAnswer» onde é possível configurar o acesso por parte de médicos, enfermeiros e cuidadores, consoante o respectivo nível de responsabilidade”. 
A instituição acrescenta que este sistema de aquisição e gestão de dados fisiológicos pretende “agilizar e automatizar as interacções dos pacientes com o sistema nacional de saúde, reduzir o risco de contaminação dos profissionais do sector, densificar o processo de monitorização a longo prazo, aumentar a precisão do diagnóstico e a capacidade de monitorização simultânea de mais pessoas, bem como gerar alertas automáticos de modo a melhorar a celeridade e eficácia do serviço de apoio”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados