RCB/TuneIn
Quinta, 27 Fev 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
RECUPERA??O DO SANAT?RIO: DESTA ? DE VEZ
Jorge Patr?o garante que "desta vez est? tudo a correr conforme previsto" e nos pr?ximo dois a tr?s meses ser? entregue a obra de recupera??o do antigo sanat?rio dos ferrovi?rios.
Por Paula Brito em 23 de Jul de 2010

Com um prazo de execução de 16 meses a obra, se tudo correr como previsto, estará pronta no início do ano 2012, garante o presidente da Turismo Serra da Estrel. Trata-se de um investimento do grupo Pousadas de Portugal de cerca de 20 milhões de euros, financiado em 70% por fundos comunitários. O grupo adquiriu em 1998 à Turistrela o edifício pelo valor simbólico de um escudo para ser recuperado até 2001. Vicissitudes várias adiaram o investimento que recuperar o simbólico edifício situado em plena serra da Estrela.

Projectado pelo arquitecto Cottinelli Telmo no anos 20 do século XX, foi mandado construir pelos Caminhos de Ferro para tratar os seus funcionários. Demorou 8 anos a ser construído (de 1928 a 1936) e permaneceu fechado durante outros tantos devido a circunstâncias várias.Depois foi arrendado à Sociedade Portuguesa de Sanatórios, com a condição de receber todos os doentes necessitados de tratamento de altitude, tendo 50 camas à disposição da Associação Nacional de Tuberculose.

O edifício acolheu ao longo de mais de 40 anos tuberculosos de todo o país até fechar portas em 1969. Após o 25 de Abril serviu de residência temporária dos retornados e refugiados das ex-colónias e está em profundo abandono desde os anos 80 com a excepção dos grandiosos bailes de carnaval que se faziam naquele edifício que, se tudo correr como previsto, abre portas de cara e alma lavada no início de 2012.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados