RCB/TuneIn
Terça, 22 Set 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÔŅĹTICA
COMUNISTAS EXIGEM RETOMA DOS TRANSPORTES
Rádio Cova da Beira
O secretariado distrital da direc√ß√£o do Partido Comunista Portugu√™s (PCP) de Castelo Branco afirma que a redu√ß√£o de transportes no distrito se mant√©m, especialmente nas carreiras interurbanas, coloca em causa as ‚Äúnecessidades das popula√ß√Ķes‚ÄĚ.
Por Paulo Pinheiro em 10 de Aug de 2020

Os comunistas exigem a cada autoridade de transporte que realize “as diligências necessárias junto dos operadores rodoviários” de forma a solucionar o problema, visto que este setor é “indispensável na retoma da atividade económica e social”.

 

Em comunicado, os comunistas manifestam o seu desagrado pela situação e chamam à responsabilidade as três comunidades Intermunicipais existentes no distrito (Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela – CIMBSE -, Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa – CIMBB -, e Comunidade Intermunicipal Médio Tejo), pois devem ser elas a fazer “a gestão dos transportes e, em conjugação com o Governo, a compensação aos operadores pela redução das receitas operacionais, efeitos da pandemia e do Estado de Emergência”.

 

Além de serviços de transporte público capazes de “garantir a mobilidade dos utentes”, o PCP solicita às entidades responsáveis “pleno respeito pelas condições sanitárias e de higiene” durante a prestação do serviço.

Em tempo de pandemia, sublinha a organização, os privados seguiram a lógica “do lucro” e não do “serviço público”, o que originou supressão de carreiras, alteração de horários e o recurso ao Layoff simplificado pelos operadores do sector rodoviário, “reduzindo a oferta para níveis abaixo dos 50%”. 

 

c/ Renato Santarém 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados