RCB/TuneIn
S√°bado, 26 Set 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
CICLISMO: SERRA DA ESTRELA RECEBE PROVA CHALLENGE
Rádio Cova da Beira
O "Serra da Estrela Riders Challenge", em ciclismo, realiza-se de 15 de agosto a 18 de outubro. O objectivo da organização passa por colocar no "radar" dos ciclistas amadores, a possibilidade de participarem nas subidas à Serra da Estrela (montanha mais alta de Portugal Continental), através de uma prova desafiante e inovadora, realizada por fases.
Por Miguel Malaca em 07 de Aug de 2020

"Esta apresentação inscreve-se em três variáveis diferentes. Em primeiro lugar, o que está em causa é colocar no radar dos amantes do ciclismo e do cicloturismo aquelas subidas épicas à serra da Estrela", explicou à agência Lusa o presidente do Turismo do Centro, Pedro Machado.

O responsável, que falava no âmbito da apresentação do evento ocorrida no Centro de Interpretação da Torre do Estrela Geopark, adiantou ainda que "os ciclistas amadores que queiram participar passam a ter uma plataforma ‘online’ que lhes permite terem toda a informação disponível para usufruírem das subidas à serra, até porque, pela força das contingências que vivemos e impossibilitados de fazer os grandes eventos nesta altura, procuramos que a plataforma sirva para, individualmente ou em grupo, haver a capacidade de manter esta modalidade. Trata-se de uma forma de poder fazer eventos mais singulares ao longo do ano e permitir a atração à da serra da Estrela ao longo do ano, permitindo que os hotéis e a restauração possam continuar a captar pessoas", frisou o responsável.

Quanto ao conceito da prova, este novo desafio de ciclismo de estrada, passa por completar três etapas, correspondentes a três circuitos pelos municípios de Seia e Manteigas.

O edil da Câmara Municipal de Seia, no encontro com os jornalistas, realçou o enorme impacto que actividades como o Granfondo da Serra da Estrela, por exemplo, têm na região.

"O objetivo é melhorar a atratividade da serra num contexto muito próprio e que é penalizador para a hotelaria e a restauração. Por esta via [deste novo evento] pode ser alimentada pelos atletas participantes e familiares. É mais um complemento para solidificar o que era já uma atividade em crescendo", sustentou Carlos Camelo.

Por outro lado, o presidente do Município de Manteigas, explicou que haverá uma prova repartida por datas e etapas, com a participação faseada dos atletas, para além de realçar também a importância do evento que, de alguma forma, substitui a realização do Granfondo Serra da Estrela'2020, prova que anualmente junta cerca de 1.500 participantes nacionais e internacionais na região.

"Trata-se de uma atividade que mobiliza muita gente e que não podemos perder. Acima de tudo, temos de manter viva a atividade na Serra da Estrela para que os aficionados do ciclismo mantenham a sua presença. Trata-se de um evento muito importante. O nosso território tem características apetecíveis para esta prática do ciclismo, BTT ou até do ‘trail'", disse Esmeraldo Carvalhinho.

O projecto Granfondo Serra da Estrela, recorde-se, "nasceu" em 2014, numa parceria entre a Ultra Spirit Sports, Turismo do Centro de Portugal e Municípios de Manteigas e Seia, com o objectivo de promover o território como destino de férias (também) no verão e de eleição para os praticantes de ciclismo e cicloturismo.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados