RCB/TuneIn
Terça, 23 Jul 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL√ćTICA
CHEIRA A CAMPANHA ELEITORAL NA COVILH?
O PS diz que os an?ncios dos projectos que a maioria apresentou para a cidade "cheiram a campanha eleitoral". Carlos Pinto fala em decis?es de fundo para o futuro da cidade. Em causa est? a constru??o de um novo mercado, um novo quartel de bombeiros e a transforma??o do campo de festas em zona comercial.
Por Paula Brito em 20 de Mar de 2008

A câmara da Covilhã aprovou o lançamento do concurso público para a construção do novo mercado municipal na zona envolvente ao cemitério da cidade. Segundo Carlos Pinto "o novo mercado será instalado numa área de cinco mil metros quadrados, o triplo do espaço actual." Quanto ao edifício onde funciona agora o mercado "depois de algumas obras de acessibilidades necessárioas será transformado num centro de novas tecnologias com a instalação no primeiro andar de um call center que irá criar 300 postos de trabalho."

O executivo convilhanense deliberou ainda abrir concurso para receber propostas para a ocupação do campo das festas é que "com a construção do novo mercado que terá um piso inteiro para estacionamento gratuito, o estacionamento no campo das festas deixa de ter sentido". A empresa que vencer com um projecto ligado ao comércio e serviços terá que construir um novo quartel para os bombeiros voluntários da Covilhã no edifício da central eléctrica junto à estação. Naquela zona vai surgir "uma nova central de camionagem, uma central ferroviária e também um espaço comercial, uma zona que será servida por uma avenida entre o Intermarché e o Inatel".

Para a bancada do PS estes anúncios "soam a discurso pré-eleitoral". Miguel Nascimento diz que "já estamos habituados a estes anúncios que depois não se concretizam mas a dívida, essa continua a aumentar". A entrega tardia dos documentos, o desconhecimento sobre as formas de financiamento e as dúvidas quanto à sua concretização levaram o PS a optar pela abstenção.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados