RCB/TuneIn
Quarta, 05 Ago 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
PENSADO PARA O INTERIOR PROGRAMA É ALARGADO AO PAÍS
Rádio Cova da Beira
Depois de terem sido anunciados em fevereiro, abriram ontem os primeiros avisos para as linhas de financiamento no âmbito do programa +CO3SO Emprego, que visa apoiar diretamente a criação de emprego. A medida foi inicialmente pensada para o interior, mas, devido pandemia, foi alargado ao território nacional, havendo uma majoração para as empresas do interior.
Por Paula Brito em 16 de Jul de 2020

Inicialmente tinham sido anunciados 240 milhões, mas, para já, o programa arranca com 90 milhões.  

 

A distribuição pelo território, segundo a ministra da coesão territorial, Ana Abrunhosa, está garantida pelos Grupos de Ação Local, por quem será feita a distribuição dos 90 milhões, e estes, só podem apoiar empresas do seu território.

 

O financiamento vai estar disponível para micro, pequenas e médias empresas, já existentes ou a criar, e 1/3 da verba, destina-se a entidades do setor social (IPSS, Associações, Mutualista, Cooperativas ou Misericórdias).

 

De acordo com o governo, com esta verba, vai ser possível criar 1600 novos postos de trabalho, através do pagamento direto às empresas de um subsídio, não reembolsável, durante o máximo de três anos, durante os quais o governo comparticipa remunerações salariais, despesas contributivas e um apoio adicional de 40% para financiar custos associados.

 

Ana Abrunhosa anunciou também ontem, em Melgaço, que o programa “Trabalho Interior” deve ser publicado nos próximos dias e que, as candidaturas podem começar a ser apresentadas em agosto.

 

Recorde-se que o programa “Trabalho Interior” visa incentivar a mobilidade geográfica de trabalhadores para o interior do país, através de apoios financeiros que podem chegar aos 4827 euros. 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados