RCB/TuneIn
Terça, 11 Ago 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
RUDE: CARLOS PINTO REELEITO
Rádio Cova da Beira
O presidente da direc√ß√£o da associa√ß√£o de desenvolvimento ‚ÄúRude‚ÄĚ foi reconduzido no cargo para um novo mandato. O acto eleitoral decorreu na passada quarta-feira.
Por Nuno Miguel em 14 de Jul de 2020
Na direcção da associação, para além de Carlos Pinto, integram o órgão João Morgado e Rui Amaro. O presidente da câmara municipal do Fundão, Paulo Fernandes, continua a liderar a mesa da assembleia geral. António Dias Rocha, autarca de Belmonte preside ao conselho fiscal. 
Em assembleia geral, os sócios aprovaram o plano de acção para os próximos anos e ficaram a conhecer algumas das candidaturas que a associação apresentou a fundos comunitários. Até final do mês de Agosto a “Rude” vai sair das suas actuais instalações que vão acolher o tribunal de trabalho da Covilhã.
Um processo moroso, que conheceu recentemente o epilogo, com o entendimento alcançado entre a associação e a câmara da Covilhã. Carlos Pinto refere que esse acordo é o reconhecimento que a “Rude” tinha razão sobre esta matéria “houve um reconhecimento que era devido desse pagamento. A situação já podia estar resolvida há cinco anos. Havia papéis escritos e a melhor prova é que o presidente da câmara da Covilhã afirmou um dia que a «Rude» ia sair das instalações a bem ou a mal. Não saiu. Vamos agora com todo o gosto deixar as instalações mas depois de um acordo e do reconhecimento de direitos. Tudo pacífico”.    
Em declarações à RCB, o presidente da associação refere que foi a “Rude” que sempre procurou chegar a um consenso “houve sempre grandeza na nossa parte, até atendendo a dificuldades de pagamento que a câmara pudesse ter, que os pagamentos pudessem ser feitos por fases. Com propostas escritas. A câmara nunca quis saber disso e, pelo contrário, optou por recorrer ao tribunal, mas nunca teve vencimento. Acho que se trata de um bom acordo que resultou de uma boa demanda num processo em que a associação não teve qualquer espécie de culpa”.    

  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados