RCB/TuneIn
Quarta, 05 Ago 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
FESTIVAL Y#16 EM CASTELO BRANCO
Rádio Cova da Beira
A Quarta Parede - Associação de Artes Performativas promove este sábado, 11 de Julho, o espetáculo de artes de rua "O2 Oxygen" da Companhia PIA - Projetos de Intervenção Artística. O evento decorre, a partir as 22:00h, no Campo Mártires da Pátria (Devesa), em Castelo Branco, no âmbito do Festival Y#16 - festival de artes performativas.
Por Paulo Pinheiro em 11 de Jul de 2020

Outras da categoria:

A Quarta Parede refere que o espetáculo é “uma Performance que, através das linguagens do Teatro Físico e das Formas Animadas, convida o espectador a uma reflexão sobre como poderia sobreviver uma sociedade, onde a tecnologia desvanece as relações humanas e o acesso ao oxigénio se torna um luxo”.

“O2 Oxygen" tem a autoria, encenação, direção artística e plástica de Pedro Leal, direção de produção e audiovisuais a cargo de Helena Oliveira, formas animadas/conceção plástica por Pedro Leal, sonoplastia, equipa técnica e construção por Álvaro Presumido.

O espetáculo conta ainda com os performers Ana Andrade, Helena Oliveira, Manuel Amarelo, Mafalda Cabral, Pedro Leal, Tiago Augusto, produção de PIA - Projetos de Intervenção Artística CRL, com o parceiro Long Fung Drama Club (Macau) e Apoio à Criação do Instituto Cultural de Macau, Fundação de Macau e Fundação Oriente, e Fundação GDA.

“É com redobrada energia que retomamos o nosso trabalho, sabendo que será um processo lento até podermos voltar a não ter alguns dos limites que agora se impõem para segurança de todos. O Festival Y#16 vai ser diferente - vamos manter as distâncias de segurança, vamos usar máscaras, vamos ter plateias reduzidas – mas, mesmo nas condições adversas que nos atingem a todos, trazemos para cada espetador a criatividade e as emoções que cada espetáculo oferece, tão necessárias nos tempos atuais”, sublinha a Quarta Parede, que garante seguir “todas as indicações de segurança para o público e para as equipas artísticas de cada espetáculo” exigidas pela pandemia Covid-19.

Com duração de 50 minutos, o espetáculo é dirigido a maiores de sete anos e tem entrada livre.

 

 

c(Renato Santarém 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados