RCB/TuneIn
Quarta, 05 Ago 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
FPF: COVID-19 MOTIVA TEMOR NO PRESIDENTE
Rádio Cova da Beira
Fernando Gomes, em declara√ß√Ķes exclusivas √† R√°dio Cova da Beira, mostra-se muito preocupado e temeroso, no que diz respeito √† evolu√ß√£o da pandemia, e √† retoma em pleno, de toda a actividade desportiva em Portugal. √Ä margem da tomada de posse dos novos √≥rg√£os sociais da Associa√ß√£o de Futebol de Castelo Branco, realizada esta quinta-feira, o l√≠der federativo fala de "muitas incertezas".
Por Miguel Malaca em 04 de Jul de 2020

" Até à data de hoje, penso que ninguém tem a certeza de nada, daquilo que pode acontecer no futuro, na evolução e nas consequências desta pandemia. Portanto nessa perspectiva, não posso deixar de realçar o temor que tenho hoje, naquilo que é o conhecimento da evolução do quadro pandémico, daquilo que pode acontecer na actividade desportiva nos próximos tempos. Muito sinceramente, e nós que temos acompanhado diariamente e respeitado todas as normas da Direcção-Geral de Saúde, não lhe posso traçar um quadro, que esta situação vai estar resolvida em X tempo, como é que as coisas vão evoluir nos próximos tempos para a retoma em pleno das actividades desportivas, o treino, o jogo, das competições seniores, das competições de jovens, e portanto é uma incerteza muito grande aquilo que poderá acontecer". Disse o presidente da FPF.

Em conversa com a RCB, Fernando Gomes, abordou ainda a questão da não realização do play-off de acesso à II Liga.

 

Recorde-se que o Benfica e Castelo Branco era parte interessada em participar nessa fase do Campeonato de Portugal.

 

O dirigente reafirma que, "já tinha dado essa justificação ao presidente do Benfica e Castelo Branco e ao presidente da Associação de Futebol de Castelo Branco, na reunião que tivemos na semana passada, das razões que nos obrigaram a tomar uma decisão. Tomámos uma decisão, naquilo que foi o nosso entendimento, uma decisão mais justa possível, em função do mérito desportivo. Naturalmente que, todas as criticas são passiveis de ser feitas, mas de qualquer forma, nós tínhamos que tomar uma decisão, e dentro do quadro que estava à nossa frente, e às condicionantes que nós tínhamos da impossibilidade das autoridades de saúde, de potenciar e de permitir a retoma destas competições, e só haver as competições profissionais da I Liga, e da impossibilidade da não realização do play-off, entendemos tomar uma decisão baseada naquilo que nos pareceu ter sido um critério mais justo". Conclui o líder da Federação Portuguesa de Futebol.

 

Fernando Gomes à Rádio Cova da Beira.

 

O actual presidente da FPF, recorde-se, é candidato único às eleições do organismo, marcadas para dia 10 de julho, tendo em vista o quadriénio 2020-2024.

 

Lembramos que a AF Castelo Branco, estará representada também na lista com dois elementos.

 

Joaquim Matias, elemento suplente na mesa da assembleia geral, e Jorge Nunes, como vogal do conselho de arbitragem secção não-profissional da FPF.

 

Quem vai deixar, entretanto, os órgãos sociais da Federação Portuguesa de Futebol, em representação da AFCB, no conselho de disciplina não-profissional, será Álvaro Batista.

 

Fernando Gomes ocupa o cargo de presidente na FPF, desde 2011.

 

 

 

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados