RCB/TuneIn
segunda, 26 set 2022
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
FUNDÃO: MAIS UM CASO POSITIVO
Rádio Cova da Beira
Há mais um caso de um doente infectado com Covid-19 no concelho do Fundão. Trata-se de uma familiar directa da senhora, de 60 anos, a quem foi detectada a presença do novo coronavírus depois de ter efectuado tratamentos médicos no IPO em Lisboa.
Por Nuno Miguel em 26 de Jun de 2020

A informação foi deixada há instantes, em conferência de imprensa, pelo presidente da câmara municipal que disse não poder confirmar a relação directa entre a rede de contágio inicial. Trata-se de uma senhora de meia idade que testou positivo. Neste momento é uma suspeita. São familiares directos, mas não estava no grupo  das sete pessoas iniciais", sublinhou.

O novo caso positivo já não se localiza na cidade do Fundão. "É numa freguesia rural, mas só na segunda-feira  se pode confirmar se é ou não da primeira rede de contágio. Tudo leva a crer que seja, mas ainda não posso confirmar isso", sublinhou.

Já em relação à última fase de testes realizados junto das 74 crianças que frequentam o centro infantil da casa de Nossa Senhora de Fátima, em Aldeia Nova do Cabo, todos deram resultado negativo. Numa primeira fase foram realizados testes nas salas de aula das duas crianças infectadas por esta rede de contágio. Posteriormente os testes foram efectuados junto das crianças que utilizavam o mesmo transporte e todos os resultados foram negativos. Na última fase foram abrangidos os restantes alunos do centro infantil, mas todos com resultado negativo.
Esta situação originou o contágio de quatro familiares directos da senhora, três funcionárias da casa de Nossa Senhora de Fátima e duas colaboradoras da santa casa da misericórdia. Com o caso hoje confirmado, sobe para 11 o número de doentes infectados por esta rede de contágio comunitário.

Nos Bombeiros Voluntários do Fundão, houve necessidade de efectuar mais cinco testes, a juntar aos 27 anteriormente realizados, e todos com resultado negativo.

No lar da Misericórdia do Fundão, " é uma frente fechada. Não há redes de contágio entre as três funcionárias que testaram positivo", disse o edil.  

Paulo Fernandes disse que o padrão da doença na região está a alterar-se "há mais casos. É necessário manter os cuidados", observou.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2022 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados