RCB/TuneIn
Segunda, 08 Mar 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
SUCH: PCP PEDE ESCLARECIMENTOS
Rádio Cova da Beira
O grupo parlamentar do PCP na assembleia da república questionou os ministérios da saúde e do trabalho e solidariedade social sobre se o governo conhece a intenção ad administração da empresa dos serviços comuns de utilização hospitalar (SUCH) em avançar com o encerramento da unidade de lavandaria que está a funcionar no concelho do concelho.
Por Nuno Miguel em 23 de Jun de 2020

Outras da categoria:

Nas perguntas enviadas pelas deputadas Diana Pereira, Vera Prata e Paula Santos, as eleitas do PCP afirmam que no dia 29 de Maio os trabalhadores da unidade do Fundão “foram surpreendidos com a presença de um representante dos recursos humanos da SUCH, que convocou de forma individualizada uma reunião com cada um dos 21 trabalhadores, com o objectivo de apresentar uma proposta de acordo de cessação dos respectivos contratos de trabalho, exigindo que os trabalhadores endereçassem resposta à proposta apresentada três dias depois”.
O PCP acrescenta que “de acordo com os argumentos da empresa a destruição destes 21 postos de trabalho deve-se ao facto de, supostamente, ter existido uma redução da actividade motivada pelo Covid-19 e que tinham a intenção de encerrar até ao final do mês de Junho e tendo efectivamente dispensado seis trabalhadores da obrigação de assiduidade nos dias oito e nove de Junho”.
As deputadas referem que no passado dia oito de Junho a empresa “encaminhou a roupa do hospital de Castelo Branco, habitualmente tratada no Fundão, para a unidade de Vialonga, no concelho de Vila Franca de Xira, a mais de 200 km de distância”. Uma situação classificada como “incompreensível”.
Face a esta situação, o PCP quer saber que medidas vão ser tomadas por parte do governo junto da SUCH “para garantir a manutenção dos postos de trabalho e o respeito pelos direitos dos trabalhadores”, recordando que sendo “uma associação sem fins lucrativos sob a tutela directa dos ministérios da saúde e das finanças tem uma obrigação acrescida de manutenção dos postos de trabalho, ainda para mais na situação que o país actualmente enfrenta”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados