RCB/TuneIn
Terça, 19 Fev 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
FUNDÃO PERDE LIDERANÇA NO ULTIMO MINUTO.
A ADF, tinha em Pedrogão um duro teste à sua condição de líder. Fez uma primeira parte de bom nivel e, fruto disso, chegou ao intervalo a ganhar por uma bola a zero. Mas na segunda parte apareceu um Pedrogão irreverente, que aproveitou bem a apatia da ADF. Mário Pina, aos 89 min fez a igualdade, que trouxe mais justiça ao marcador.
Por Rui Fazenda em 16 de Mar de 2008

Outras da categoria:

O Fundão, jogava em Pedrogão uma cartada importante neste campeonato. Depois de na passada semana ter destronado o  líder, os comandados de João Laia, defrontavam um Pedrogão que não perde desde Dezembro.

A equipa Fundanense, começou da melhor forma, pois logo aos 8 minutos colocou-se em vantagem por intermédio de Nuno Batista, que aproveitou um bom trabalho de Rui Paulo para fuzilar o desamparado Neto. Fruto dessa vantagem o Fundão fez uma primeira parte de bom nivel, com a equipa a jogar como um bloco, não dando grandes espaços aos homens de Pedrogão. Certo é que, também, não houve grandes oportunidades de golo. O Fundão chegava ao intervalo a ganhar pela vantagem miníma, mas com toda a justiça.

No segundo tempo, os rapazes de Alexandre Gaspar apareceram mais irreverentes, e pouco a pouco, foram empurrando o Fundão para terrenos mais recuados. O Fundão que fez uma 2ª parte muito inferior à primeira, começou a denotar carências sobretudo ao nivel do meio campo. O Pedrogão, apesar do maior domínio também não conseguia levar perigo a baliza de Tiago Ramos. Mas tantas vezes o cântaro vai a fonte... até que parte ou lá fica a asa... E foi o que aconteceu ao minuto 89, quando Mário Pina aproveitou um alívio deficiente da defensiva do Fundão, para fuzilar Tiago Ramos. Um grande golo de um jogador, que tem valor para jogar nos escalões nacionais. O Fundão, ao sofrer o empate a um minuto dos 90, pouco ou nada podia fazer para remediar a situação. Ainda tentou aos 94 minutos, num livre de Luciano, que proporcionou uma grande defesa a Neto.

O empate a uma bola, aceita-se pois o Fundão foi superior na primeira parte, e o Pedrogão foi melhor no segundo tempo.

Paulo Abrantes e seus pares, estiveram em bom plano.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados