RCB/TuneIn
Domingo, 12 Jul 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
MOVIMENTO CRITICA ACÇÃO DO MUNICÍPIO
Rádio Cova da Beira
O movimento da população Ourondo/Relvas vem, em comunicado, criticar a acção da câmara municipal da Covilhã pela ausência de obras há muito reivindicadas pelas populações daquelas duas localidades.
Por Nuno Miguel em 03 de Jun de 2020
De acordo com o movimento, há três anos que foi anunciado o arranque das obras de requalificação do largo da carreira mas “a verdade é que o tempo passou mas a obra parou. Confirmou-se que a garantia dada a 23 de Abril de 2017 pelo presidente da câmara da Covilhã era de fraquíssima qualidade”.
Com o arranque da época balnear, o movimento refere que a ribeira do Ourondo “tem sido muito procurada para fazer frente ao calor que se tem feito sentir. Mas o estado degradação e de abandono da nossa ribeira é evidente. As margens e o areal estão sujos, falta de manutenção das madeiras, abandono por completo da reparação do açude, apesar de ter ganho o orçamento participativo. Um dia de lazer pode rapidamente ser transformado, num dia de azar tal a degradação”.
O movimento acrescenta que “ruas e caminhos por limpar são uma constante, a estrada municipal 512 desde o limite do Paul até ao Ourondo esta invadida de mato nas suas bermas, num estado de abandono é revoltante e perigoso e onde as obras sinalizadas não arrancam”. A esperança é que “em Outubro de 2021vão decorrer eleições autárquicas e certamente que estes e outros problemas serão resolvidos até essa data”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados