RCB/TuneIn
Terça, 14 Jul 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
EMPRESÁRIOS RECLAMAM DISCRIMINAÇÃO POSITIVA
Rádio Cova da Beira
Os sócios da associação de desenvolvimento integrado da rede de aldeias de montanha defendem a adopção de medidas de discriminação positiva nos instrumentos de apoio para as empresas da hotelaria e restauração.
Por Nuno Miguel em 01 de Jun de 2020
A questão foi abordada numa conferência online em que os empresários da região apelaram ao papel cimeiro das autarquias, por via das comunidades intermunicipais “no apoio robusto e estruturado aos pequenos e médios negócios e à necessidade de valorização de toda uma cadeia de valor existente”. Medidas como “a isenção de IMI para as empresas mais afectadas pela pandemia ou a redução do IVA e de algumas taxas municipais” foram algumas das propostas avançadas. Os empresários consideram que “a política pública está a tratar de maneira igual aquilo que é diferente” e sustentam que “empresas do sector da hotelaria e restauração do interior devem ter instrumentos de apoio específicos, onde esteja reflectida uma discriminação positiva”, refere a associação em comunicado. 
Nesta reunião, os empresários consideraram ainda que o mecanismo do «lay-off» “deverá estar mais alinhado com as necessidades das empresas hoteleiras. Mesmo em casos de facturação zero carecem de trabalhos de manutenção, gestão e marketing. Funções que poderiam ser desempenhadas por trabalhadores em horário parcial, evitando-se o «lay-off» total”. Para os empresários esta medida iria “evitar a sobrecarga das empresas sem facturação com encargos adicionais que não conseguem suportar, sem prejudicar a remuneração auferida pelos trabalhadores”.
Neste comunicado, a associação considera que a pandemia do Covid-19 pode constituir-se “uma oportunidade de olhar para o território de uma forma alternativa como destino turístico de verão” apontando “as praias fluviais, as lagoas, a natureza, a qualidade do ambiente, a segurança e o potencial para a prática de desportos ao ar livre como atributos incontestáveis do territórios da aldeias de montanha e da região interior centro que só se conseguem fora dos grandes aglomerados citadinos”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados