RCB/TuneIn
Terça, 02 Mar 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
BE QUER CONHECER APOIOS À CENTRAL
Rádio Cova da Beira
O grupo parlamentar do Bloco de Esquerda na assembleia da república enviou uma pergunta ao ministério do ambiente e acção climática no sentido quais são os apoios atribuídos à central de biomassa do Fundão para a produção de energia.
Por Nuno Miguel em 21 de May de 2020

Outras da categoria:

No documento, subscrito pelos deputados Maria Manuel Rola, Fabíola Cardoso e Ricardo Vicente, os eleitos do BE sublinham que “as novas centrais termoeléctricas a biomassa florestal de Viseu e Fundão estarão a recorrer a rolaria e outra madeira de qualidade para produzir energia eléctrica, ao invés de utilizarem biomassa proveniente de resíduos florestais, de acordo com a associação Zero”. As duas estruturas foram criadas no âmbito do concurso de 2006 da direcção geral de energia e geologia “para a atribuição de 100 MVA de capacidade de injecção de potência na rede eléctrica”.
O Bloco de Esquerda acrescenta que a associação Zero “estima um diferencial de apoio público, entre a tarifa média de biomassa para 2020 e o preço referência de mercado, no valor de 66 euros e 96 cêntimos por megawatt, que equivale a subsídios de 226 milhões de euros durante 15 anos”.
Os eleitos do BE consideram que “a produção florestal não deve, em nenhuma circunstância ter como principal objectivo a produção de energia eléctrica, devendo estas centrais limitar a sua actividade à utilização de resíduos resultantes da gestão florestal” e por isso querem saber “qual a proporção de rolaria e outra madeira de qualidade e de biomassa florestal que tem sido utilizada pelas duas centrais termoeléctricas desde o início da sua actividade” se o governo “considera condicionar a subsidiação pública das centrais ao uso exclusivo de biomassa proveniente de resíduos florestais”, a forma como vai ser feita “a articulação da actividade das centrais com os instrumentos de prevenção de incêndios rurais e gestão territorial” e ainda se o governo confirma a atribuição de um apoio público no valor de 226 milhões de euros para as duas estruturas durante os próximos 15 anos”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados