RCB/TuneIn
Segunda, 13 Jul 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
O RELATO DE ALABAD
Rádio Cova da Beira
É este o título da nova produção da estação teatral da Beira Interior. Trata-se da 38ª criação da companhia de teatro profissional sediada no Fundão e cujos ensaios à distância já se iniciaram neste mês de Abril.
Por Nuno Miguel em 29 de Apr de 2020
Este novo projecto da ESTE resulta de um texto da autoria de Nuno Pino Custódio, estreado em 2002 no Teatro Meridional, interpretado pelo próprio e dirigido por Miguel Seabra. Dezoito anos depois esta obra foi alvo de uma nova versão pelo autor, actualizando a experiência acumulada e a própria evolução artística da companhia. Em comunicado, a ESTE refere que “o actor convidado é Pedro Diogo, um colaborador «histórico» da ESTE e alguém que de forma estrutural interioriza a própria ideia de teatro desta pequena unidade de criação. Consigo, estará o guitarrista Pedro Rufino, que tocará alaúde, sendo o design de cena da responsabilidade de Patrícia Raposo”.
Este texto recua ao ano de 1147 e à defesa de Lisboa contra portugueses e cruzados em trânsito para a Terra Santa no âmbito da segunda cruzada. Partindo de relatos ocidentais, recria-se o ponto de vista dos muçulmanos, através da crónica de Alabad bin Muhammad Almançor, arqueiro e poeta. Fugido de Santarém (tomada de assalto pelos portugueses meses antes), Alabad e o seu irmão Youssef são acolhidos por um tio lisbonense, procurando aí recomeçar as suas vidas. Mas a esperança de uma existência feliz naquela cidade florescente e muito populosa em breve se transformará numa tormenta, quando os cristãos chegam às portas da cidade para conquistá-la (na perspectiva do defensor), para reclamá-la (na ideia do invasor).
O cerco, que durará quatro longos meses, vai obrigar os habitantes de Lisboa a viverem ente o limite das suas forças, tendo a fome e a peste como pano de fundo, e o necessitarem de continuar a enveredar esforços para repelir o inimigo.
O trabalho conta com desenho de luz a cargo de Pedro Fino, Alexandre Barata é o director de produção e Tiago Poiares como assistente de encenação. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados