RCB/TuneIn
Quinta, 12 Dez 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
ATENTADO AO INTERIOR
? como a uni?o dos sindicatos do distrito de Castelo Branco (USCB) classifica a eventual coloca??o de portagens na A23 e A25. Para al?m de constituir a quebra de mais uma promessa eleitoral, aquela estrutura sindical afiram que seria ?mais um duro golpe ao interior do pa?s, onde se inclui o distrito de Castelo Branco?, com graves consequ?ncias para o emprego, empresas e vida das popula??es.
Por Paulo Pinheiro em 23 de Jun de 2010

Para a união dos sindicatos de Castelo Branco, estas medidas não podem ser desligadas do acordo entre o Governo e o PSD que “levou à aprovação de impostos aos que menos têm e podem” e que “ a política do centrão dos interesses e dos negócios (PS/PSD e Cavaco Silva) só trará mais assimetrias regionais, mais despovoamento do interior e mais desertificação”.

Em comunicado, a USCB alerta os trabalhadores, os responsáveis autárquicos e a opinião pública em geral para a necessidade de intervir e agir para travar a colocação de portagens na A23 e A25.

A estrutura sindical anuncia que irá convidar as uniões dos sindicatos dos distritos afectados pelas portagens, para em conjunto, analisar o assunto e decidir medidas a adoptar, mostrando-se disponível para integrar movimentos ou comissões de utentes que se oponham a esta medida.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados