RCB/TuneIn
Terça, 31 Mar 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
EN 238 VAI TER INTERVENÇÃO DE FUNDO
Rádio Cova da Beira
A estrada nacional 238, que liga a Sertã a Ferreira do Zêzere e Tomar, vai continuar a ter manutenção sistemática e periódica enquanto decorrem os processos de concurso para a "grande reparação", prevista no planeamento de "curto/médio prazo" da Infraestruturas de Portugal. A informação é dada pelo ministério das infraestruturas em resposta a uma pergunta dos deputados socialistas do distrito de Castelo Branco sobre a requalificação desta via rodoviária.
Por Nuno Miguel em 25 de Mar de 2020
Em comunicado os eleitos do PS referem que “a necessidade de uma intervenção profunda na EN 238, há muito que tem vindo a ser defendida pelos eleitos do PS, autarcas, populações e empresários da região, que pedem a requalificação do traçado existente, para segurança de mais de cinco mil utentes por dia e para o fomento e manutenção de mais de 1500 postos de trabalho".
Numa pergunta enviada ao ministério das obras públicas em Dezembro do ano passado, Hortense Martins, Nuno Fazenda e Joana Bento questionavam a existência de um mapeamento dos pontos críticos naquela via bem como “saber as medidas que vão ser adoptadas, de forma urgente, para evitar a repetição dos constantes desmoronamentos de terras que obrigaram a cortes de circulação nesta via”. Os eleitos do PS pretendiam ainda saber se a intervenção a realizar incluí a correcção do traçado se vai ser feita de forma faseada ou uma empreitada para todo o troço.
Na resposta, o gabinete do ministro das infraestruturas refere que essa via se encontra, desde Fevereiro de 2018, sob a gestão directa das infraestruturas de Portugal uma vez que integra o contrato da subconcessão do Pinhal Interior e desde essa altura “as inspecções periódicas de monitorização, efectuadas pelas brigadas de manutenção e fiscalização identificaram os locais com maior necessidade de intervenção”.
No seguimento dessa monitorização, explica o gabinete de Pedro Nuno Santos, "foi identificada a necessidade de intervenção naquela via, estando prevista no planeamento de curto/médio prazo uma intervenção de grande reparação estando “em fase de preparação a contratação do projecto de execução, o que deverá acontecer no primeiro trimestre de 2020”. 
O ministério das infraestruturas sublinha ainda que "na impossibilidade prática de executar, no curto prazo, todas as intervenções necessárias", a manutenção desta rede viária continuará a ser assegurada pela realização de "trabalhos de intervenção de forma sistemática e periódica, suprindo as situações consideradas mais criticas e garantindo as condições de segurança rodoviária".

  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados