RCB/TuneIn
Terça, 14 Jul 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
PORTUGAL IMP?E A PRIMEIRA GRANDE GOLEADA NO MUNDIAL
Com uma exibi??o fant?stica, com uma atitude que n?o presenci?vamos ? muito, com mais jogo ofensivo, com muitos mais remates ? baliza advers?ria, Portugal deu hoje indica??es de que, jogando sempre assim, pode fazer maravilhas neste mundial de Africa do Sul.
Por José Joaquim Ribeiro em 21 de Jun de 2010

Na primeira parte notou-se que os onze jogadores que subiram ao relvado vinham com outra vontade e com outra ambição que não aquela que tinham revelado no jogo com a Costa do Marfim, mesmo assim, a terem alguma dificuldade em se aproximarem da baliza contrária e a terem uma Coreia do Norte muito afoita nas suas acções ofensivas. A baliza de Eduardo foi alvo de vários remates dos coreanos.

 Mas o golo de Portugal acabou por acontecer aos 29 minutos, numa jogada muito bem urdida, com Tiago a descobrir Raul Meireles que apareceu em zona de finalização a fazer o golo inaugural. Na segunda parte Portugal esteve imparável. Aos 53 minutos, após excelente combinação entre Meireles e Hugo Almeida, Simão é servido na direita e atira para o 2-0, Aos 56 é Tiago a desmarcar Fábio Coentrão, este vai até à linha de fundo colocar a bola na cabeça de Hugo Almeida e este faz o 3-0.

A partir deste golo tudo ficou mais fácil para a nossa selecção.

 

AOS 60’ Cristiano Ronaldo jogou pela esquerda, depois de bem servido por Meireles, fez um passe atrasado para Tiago que rematou com sucesso para o 4-0. Aos 81 minutos, Liedsom, que tinha entrado momentos antes no jogo, também fez o gosto ao pé, na sequência de uma assistência de Duda, outros jogadores que tinham entrado na partida e estava feito o 5-0. A meia dúzia foi obra de Cristiano Ronaldo, que apareceu isolado na cara do guarda-redes, aos 88’,  a bola ressaltou no guardião, saltou-lhe para as costas e sobrou para a sua frente. Cristiano limitou-se a aplicar o remate fatal e estava desfeita a professia de que o Capitão da nossa selecção já não sabia fazer golos. Mas o resultado não ficaria por aqui. Um minuto volvido Miguel Veloso cruzou da esquerda e Tiago, no coração da área atirou para o 7-0 com que Portugal brindou a Coreia do Norte.

 

Com este resultado Portugal está praticamente qualificado para os 1/8 de final, tal a diferença de golos que tem sobre o seu mais directo adversário, a Costa do Marfim.

 Na 6ª feira Portugal joga com o Brasil e um empate chega para que as duas selecções irmãs sigam em frente na prova.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados