RCB/TuneIn
Domingo, 17 Jan 2021
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
FUNDÃO: 380 TERRENOS POR LIMPAR
Rádio Cova da Beira
No concelho do Fundão, a GNR detetou 380 situações de incumprimento dos critérios de gestão de combustíveis, que requerem intervenção dos proprietários ou usufrutuários.
Por Paula Brito & Paulo Pinheiro Pinheiro em 29 de Feb de 2020

“Neste momento já verificámos toda a área do concelho do Fundão, e temos 380 situações em potencial infração, aqui na Covilhã vamos começar hoje e terminar na terça-feira, a nossa ideia é chegarmos ao mês de abril e esse número estar no zero.”

 

Uma operação de georreferenciação que vai ser realizada em todo o distrito, como referiu esta manhã, na Covilhã, o comandante distrital da GNR de Castelo Branco, Albino Tavares, no final da cerimónia de lançamento da segunda fase da operação Floresta Segura.

 

“Ao nível do distrito vamos georreferenciar e marcar todas as propriedades que possam estar em infração no que diz respeito à não desmatação e retirada de combustível. A nossa ideia é passarmos essa informação às câmaras municipais e juntas de freguesia, por forma a dar-lhes um período temporal para que as pessoas possam limpar. Depois desse período, iremos passar de novo pelos locais georreferenciados e, só nessa altura, é que iremos aplicar coimas às pessoas que não cumpriram voluntariamente.”

 

Todas as situações detetadas devem ser regularizadas até 30 de abril. O não cumprimento pode ser punido com coimas que oscilam entre os 140 € e os 5.000€, no caso de pessoa singular, e podem ir de 800 € a 60.000€, para pessoas coletivas.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2021 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados