RCB/TuneIn
Sexta, 23 Ago 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
DESPORTO
FUND?O VENCE ALCAINS E ASSUME LIDERAN?A.
A Desportiva do Fund?o, recebeu e bateu o Alcains por uma bola a zer, no desafio que muitos consideravam o jogo do Ano. Foi um desafio que teve mais transpira??o que inspira??o. Valeu o grande golo de Rui Paulo aos 20'.
Por Rui Fazenda em 09 de Mar de 2008

Fundão e Alcains disputaram um jogo de grandes emoções. Frente a Frente, estavam os dois primeiros da tabela classificativa, separados por apenas 3 pontos. Este facto, era por si só, motivo para rotular este jogo, como jogo do ano, mas podemos acrescentar ainda, que nos dois bancos, estavam dois treinadores que o ano passado trabalharam juntos no Idanhense. ( Nuno Fonseca, como técnico principal e João Laia como Adjunto).

O desafio começou numa toada de equilíbrio, com a bola a andar longe das balizas. O primeiro lance digno de registo, aconteceu ao minuto 20, e viria a ser determinante no desfecho do desafio. Rui Paulo, recebeu a bola à entrada da grande área, viu Manuel Silva ligeiramente adiantado, e fez um remate em arco, colocando a bola no ângulo superior  esquerdo do Guardião Alcainense. Um grande  golo, de Rui Paulo, ele que na época passada representou os canarinhos. Esperava-se que com este golo o Alcains colocasse mais velocidade no jogo mas, até ao intervalo apenas registamos dois lances de relativo perigo: Ao minuto 25, na sequência de um canto, a bola ficou perdida na área do Fundão, e não apareceu ninguém do Alcains para o remate. Ao minuto 41, foi Quinzinho que desferiu um potente remate, proporcionando a Tiago Ramos uma boa defesa. O Intervalo, chegava com o Fundão a vencer por uma bola a zero.

Se a primeira parte, tinha tido poucos lances de perigo, a segunda ainda teve menos. Registamos apenas um cabeceamneto de Ricardo Fonseca ao minuto 46, com a bola a sair ao lado da baliza de Manuel Silval. O Fundão, na segunda parte foi exemplar na forma como tapou todos os caminhos para a sua baliza, conseguindo anular de forma eficaz o ataque Canarinho. A equipa orientada por João Laia, pode ainda queixar-se de um erro de Francisco Bizarro, que aos 75 minutos mostrou cartão amarelo a Betinho, quando a cartolina que se imponha era a vermelha, pois o central do Alcains perdeu a bola para Cristiano Costa e, quando o Brasileiro estava em posição frontal para a baliza, e apenas com Manuel Silva pela frente, foi derrubado. Francisco Bizarro, marcou a falta por indicação de Alexandre Rato, mas mostrou apenas amarelo a Betinho. Até ao final do desafio, o Alcains tentou chegar ao empate, mas o Fundão, não permitia que a bola chegasse perto da sua baliza, e sempre que tinha a bola, a formação de João Laia, nao abdicava de rápidos contra-ataques.

Vitória justa da Desportiva do Fundão, que assim passa a liderar o Distrital de Castelo Branco,  beneficiando da diferença enter golos marcados e sofridos, pois na primeira volta o Alcains ganhou no Trigueiros de Aragão também por 1-0.

Francisco Bizarro, não tem influência no resultado,  mas a sua actuação fica penalizada pelo lance em que perdoou a expulsão a Betinho, mas mesmo com este erro, consideraramos  a  actuação da equipa de arbitragem positiva.

 

 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados