RCB/TuneIn
Domingo, 20 Set 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
HOUVE SABER COVILHANENSE NA VIAGEM DE MAGALHÃES
Rádio Cova da Beira
Houve conhecimento português e covilhanense na viagem da circum-navegação sob o comando de Fernão de Magalhães, há 500 anos. A participação dos irmãos Francisco e Rui Faleiro na primeira circum-navegação da história, foi o tema da primeira de um ciclo de conferências que a câmara da Covilhã está a organizar sobre o passado, o presente e o futuro.
Por Paula Brito em 23 de Jan de 2020

“A importância deve-se à sua participação nos preparativos da viagem, do ponto de vista da ciência náutica. Eles procuraram resolver um dos problemas que mais importava ao tempo, que era o problema das longitudes. Quer um, quer outro trabalharam nesse domínio: Rui Faleiro apresentando propostas de cálculo, Francisco Faleiro escrevendo o Tratado de marear.”

Maria de Fátima Reis, secretária geral da Academia Portuguesa de História, destaca a importância de dar a conhecer personalidades que por vezes são ignoradas na história.

“O que me parece importante é não ignorar algumas figuras que ficam mais na sombra dos que são considerados gigantes da história, como Fernão de Magalhães. Seja o saber dos Faleiro, seja do próprio Magalhães, o que está aqui em causa é que uma viagem feita ao serviço do rei de Espanha teve conhecimento português.”

Conhecimento português e covilhanense, apesar de nenhum dos dois irmãos Faleiro ter embarcado na viagem com Fernão de Magalhães.

“No caso de Rui Faleiro, os dados apontam que terá enlouquecido, outros apontam para desinteligências com o próprio Magalhães, há outras versões sempre difíceis de apurar, e um delas é que Rui Faleiro terá feito uma leitura do próprio horóscopo e que fazia prever a sua morte durante a viagem e que isso o terá afastado.”

Para a secretária geral da Academia Portuguesa de História, é importante “agitar a história” ao nível local. “O que é importante nesta conferencia é completar o saber e sentirmos as nossas raízes.”

“A Covilhã e os descobrimentos: Os irmãos Faleiro”, foi o tema da primeira de um ciclo de cinco conferencias, que o município da Covilhã organiza em 2020 para assinalar os 150 anos da cidade. 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados