RCB/TuneIn
Quarta, 29 Jan 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
NÃO FUSÃO DA UBI E IPCB FOI ERRO HISTÓRICO
Rádio Cova da Beira
Valter Lemos diz que foi um erro estratégico e histórico para a região a não fusão do Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB) com a Universidade da Beira Interior (UBI), quando, há mais de uma década, se discutia a reorganização do ensino superior no país.
Por Paula Brito em 14 de Jan de 2020

O ex-secretário de estado da educação e ex-presidente do politécnico albicastrense, no debate promovido pela RCB para analisar o ano que passou e perspetivar 2020, fez mea culpa.

“Há um erro estratégico histórico, e eu vou dizê-lo aqui pela primeira vez, que foi não se ter fundido o IPCB com a UBI há uns 15 anos atrás, e vai sair-nos caro. E eu estou à vontade para falar nisso porque eu fui um dos defensores da existência autónoma do politécnico, mas hoje analiso e vejo que esse passo devia ter sido dado há 10 ou 15 anos atrás.”

Valter Lemos considera que a fusão teria fortalecido o ensino superior na região.

“A partir do momento em que a curva do desenvolvimento do ensino superior começou a cair, nós devíamos ter defendido a região dessa maneira. Foi um erro estratégico e político dos responsáveis das instituições e de todos os que tinham responsabilidades políticas, onde eu me envolvo também. Agora é mais difícil e menos útil do que há uma dúzia de anos atrás. É pena, porque se o tivéssemos feito, teríamos fortalecido de forma significativa o ensino superior na região.”


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados