RCB/TuneIn
Terça, 07 Jul 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
SPRC PREOCUPADO COM A REESTRUTURAÇÃO DO IPCB
Rádio Cova da Beira
A direcção distrital de Castelo Branco do Sindicato de Professores da Região Centro (SPRC) afirma que a reestruturação do Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB) “é um processo que nasce torto”.
Por Paulo Pinheiro em 12 de Jan de 2020

Reunida recentemente com o presidente do IPCB, uma delegação do SPRC manifestou preocupação pela forma autocrática como esta decisão foi tomada, ou seja, “sem um amplo debate pela comunidade académica”.

A estrutura sindical reafirmou a necessidade de se proceder à discussão alargada das implicações da decisão, bem como dos benefícios e prejuízos delas decorrentes.

“Um processo desta dimensão, pelos efeitos estruturantes e impactos na vida dos professores e funcionários da instituição, tem de ser discutido por todos e aprovados pelos actuais órgãos das Escolas”, defende o sindicato.

Em comunicado,  o sindicato refere que  o envolvimento do corpo docente e em geral da comunidade escolar afigura-se essencial “para uma decisão ponderada e participada. Acresce que a proposta foi aprovada sem quaisquer indicadores de custos e benefícios”.

A direcção distrital de Castelo Branco daquele sindicato deixa ainda algumas interrogações: “Os postos de trabalhos são garantidos ou haverá extinção de alguns? Como decorrerá deslocação de docentes, pessoal técnico-administrativo e assistentes operacionais entre as Escolas?”

O SPRC mostra-se preocupado com este processo de reestruturação e a forma como está a ser conduzido e afirma que o irá acompanhar e que tomará as diligências necessárias para promover o debate “e contribuir para uma solução que não coloque em risco a sustentabilidade dos postos de trabalho dos docentes e demais funcionários, bem como do próprio IPCB e das suas Escolas”.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados