RCB/TuneIn
Segunda, 19 Out 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
AMBUL?NCIA CARA E DESNECESS?RIA
O encerramento do servi?o de urg?ncia do hospital do Fund?o trouxe uma nova ambul?ncia do INEM. Uma solu??o cara e desnecess?rio segundo o presidente da direc??o dos Bombeiros Volunt?rios do Fund?o (BVF).
Por César Duarte Ferreira & Paula Brito em 05 de Mar de 2008

“Não percebo o porquê desta duplicação, deste serviço porque esta nova ambulância não faz mais que a outra já fazia.” O lamento é deixado por Miguel Campos, presidente da direcção dos bombeiros voluntários do Fundão. O dirigente dos BVF, não compreende o facto da sua corporação nunca ter sido ouvida no processo de reestruturação de saúde que extinguiu as urgências e trouxe com a consulta aberta uma nova ambulância do INEM. Miguel Campos recorda que os bombeiros há muito que têm uma viatura do INEM e que tem dado a resposta mais adequada a todas as situações. O presidente  acrescenta que, os bombeiros teriam uma solução menos dispendiosa e deixa o exemplo dos gastos do INEM, com a ambulância dos bombeiros e a nova viatura que está estacionada à porta do Hospital: “ o INEM dá-nos por mês 1500 euros para a nossa ambulância. Na outra deve gastar, e são números por alto cerca de 5 mil euros mensais.” O presidente da direcção não tem dúvidas que esta nova ambulância veio reduzir o movimento da viatura dos bombeiros “ mas ainda não apuramos as repercussões deste facto”.

Miguel Campos que está há 15 anos à frente da direcção dos BVF, foi reeleito para aquele que deverá ser  o seu ultimo mandato, numa assembleia geral onde apenas uma lista se apresentou a sufrágio.

 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados