RCB/TuneIn
Domingo, 27 Set 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL�TICA
DEPUTADOS DO PS DEFENDEM REDUÇÃO DO VALOR DAS PORTAGENS
Rádio Cova da Beira
Os deputados do PS eleitos pelo círculo eleitoral de Castelo Branco, Hortense Martins, Nuno Fazenda e Joana Bento, subscreveram um projecto de resolução que recomenda ao Governo que continue a adoptar uma política de aprofundamento de redução dos valores das portagens, correspondendo assim aos compromissos do Partido Socialista para com os concidadãos do Distrito de Castelo Branco.
Por Paulo Pinheiro em 14 de Dec de 2019

Outras da categoria:

Em comunicado, os deputados recordam que o Governo na anterior legislatura procedeu à redução das portagens por duas ocasiões, nomeadamente na A23 e A25, na sequência de um Projecto de Resolução semelhante apresentado pelo PS, e mais tarde alargou o regime de modulação do valor das taxas de portagem em benefício dos veículos das Classes dois, três e quatro afectos ao transporte rodoviário de mercadorias por conta de outrem ou público.

O Grupo Parlamentar do PS recomenda ao Governo que proceda à avaliação do modelo de portagens tendo em conta aspectos como o custo nas antigas autoestradas sem custos para o utilizador (SCUT), o custo do tráfego, bem como o custo na manutenção das vias nacionais e municipais utilizadas como alternativa em cada uma das regiões.

 

«A “falta de alternativas e o efeito de forte penalização da actividade económica, da mobilidade e os efeitos negativos para a coesão social e territorial”, assim como a "falta de transportes públicos alternativos e a sua baixa frequência que aumenta a necessidade de uso destas vias” e o "efeito da localização dos pórticos nas regiões empresariais” são outros parâmetros que os deputados pretendem que sejam tidos em conta.

 

 

"Têm sido tomadas várias medidas e avançado inúmeros projectos em prol do desenvolvimento do interior promovidos pelos sucessivos governos do PS, nomeadamente, no ensino, na saúde, na mobilidade, nos apoios comunitários e nacionais, nos incentivos fiscais e na reprogramação do Portugal 2020, que destina cerca de 1700 milhões de euros especificamente para os territórios do interior, como os apoios à valorização turística do interior", lê-se no documento, que destaca ainda o investimento na reabertura de serviços "que tinham sido encerrados pelo governo PSD/CDS" e a valorização da linha da ferrovia da Beira Baixa e da Beira Alta. 

 

 

 

 



  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados