RCB/TuneIn
Domingo, 08 Dez 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
STBB PEDE LEVANTAMENTO DE PRECARIEDADE NO SETOR
Rádio Cova da Beira
Sindicato Têxtil da Beira Baixa (STBB) pediu à Segurança Social e ACT – Autoridade de Condições de Trabalho, um levantamento dos contratos precários no setor têxtil, no distrito de Castelo Branco.
Por Paula Brito em 02 de Dec de 2019

“Ainda recentemente, e tendo em consideração que há alguma empresas que estão a fazer contratos de trabalho precários, sem necessidade para tal, fizemos um pedido à Segurança Social e à ACT para fazerem esse levantamento, que é quem tem acesso a esses dados e quem deve torna-los públicos.”

Marisa Tavares, presidente da direção do Sindicato Têxtil da Beira Baixa, em declarações à RCB, esta manhã no mercado do Fundão, onde a União dos Sindicatos do distrito de Castelo Branco iniciou a semana de combate à precariedade distribuindo panfletos pela população, com uma mensagem que a dirigente sindical resume.

“É que a precariedade não é solução, muito pelo contrário. A única coisa que traz, quer aos jovens quer aos menos jovens, é instabilidade no trabalho e estamos a ocupar posto de trabalho permanentes. A mensagem que queremos fazer chegar é a exigência da transformação de postos de trabalho precários em efetivos.”

Depois do mercado, a comitiva sindical seguiu para a empresa Twintex, em Aldeia de Joanes e para a zona industrial do Fundão.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados