RCB/TuneIn
Domingo, 08 Dez 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
COVA DA BEIRA: BANCO ALIMENTAR RECOLHE CERCA DE 33 TONELADAS DE ALIMENTOS
Rádio Cova da Beira
O Banco Alimentar Contra a Fome da Cova da Beira (BACB) recolheu 32 mil 784 quilos de alimentos durante o fim-de-semana. Os números representam uma diminuição de 1.100 kgs em relação ao período homólogo do ano passado.
Por Paulo Pinheiro & Miguel Malaca em 02 de Dec de 2019

Nesta campanha, o Banco Alimentar Contra a Fome da Cova da Beira contou com a colaboração de 650 voluntários. Não foi efectuada recolha de alimentos no Teixoso (Covilhã) e em Fornos de Algodres (Guarda), mas foi contabilizada a entrega de 50 quilos de alimentos resultado da iniciativa efectuada pelo Sporting Clube da Covilhã no jogo contra o Feirense, na passada sexta-feira, 29 de Novembro.

 

Em todo o país, os Bancos Alimentares Contra a Fome recolheram este fim-de-semana mais de 2.100 toneladas de géneros alimentares, na campanha realizada em 2.000 superfícies comerciais de 21 regiões do país.

 

Prosseguem ainda ao longo da próxima semana, até 8 de Dezembro, a campanha “Ajuda Vale”, nos supermercados, e a campanha online em www.alimentestaideia.pt.

 

40 mil voluntários dos 21 Bancos Alimentares (Abrantes, Algarve, Aveiro, Beja, Braga, Castelo Branco, Coimbra, Cova da Beira, Évora, Leiria-Fátima, Lisboa, Madeira Oeste, Portalegre, Porto, Santarém, Setúbal, S. Miguel, Terceira, Viana do Castelo e Viseu) convidaram, durante o fim-de-semana, os portugueses a partilhar os bens alimentares que compram para as suas casas.

 

Os portugueses aceitaram uma vez mais o convite dos Bancos Alimentares e aderiram a uma rede social real, partilhando alimentos com pessoas carenciadas da sua região. A confiança reiterada nos Bancos Alimentares ficou patente na generosidade das contribuições. “Não podemos deixar de sublinhar o papel dos voluntários, pessoas de todas as idades, com convicções políticas e religiosas diversas que, participando, lado a lado, contribuem de forma fraterna e solidária para uma sociedade mais justa e coesa”, refere a Presidente da Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares contra a Fome, Isabel Jonet. “Temos de agradecer aos milhares de doadores, aos voluntários, às empresas e entidades que apoiaram esta campanha, dando assim o seu grande contributo para que os Bancos Alimentares possam continuar a acudir a muitas pessoas necessitadas.”

 

Os géneros alimentares recolhidos serão distribuídos, a partir da próxima semana, a 2.400 Instituições de Solidariedade Social, que os entregam a cerca de 380 mil pessoas com carências alimentares comprovadas, sob a forma de cabazes ou de refeições confeccionadas.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados