RCB/TuneIn
Sexta, 14 Ago 2020
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
FALTA DE VERBAS NOS POLITÉCNICOS
Rádio Cova da Beira
O IPCB é um dos três institutos politécnicos com dificuldades financeiras para pagar os salários de Novembro e Dezembro e o subsídio de Natal.
Por Paulo Pinheiro em 27 de Nov de 2019

De acordo com o JN, o valor em falta ronda os cerca de 5,9 milhões de euros. O jornal, que cita a Lusa, que teve acesso a um documento do Grupo de Monitorização e Controlo Orçamental das Instituições de Ensino Superior, refere que  a tutela foi alertada para as necessidades financeiras verificadas, a  13 de Novembro de 2019, nas três instituições de ensino superior público e sugere que os politécnicos de Castelo Branco, Santarém e Tomar sejam considerados "em situação de crise institucional grave", que requer "uma acção específica", nomeadamente constituir uma equipa, em colaboração com as instituições, que permita identificar até 31 Dezembro de 2019 as medidas urgentes a aplicar.

 

O Grupo de Monitorização e Controlo Orçamental destaca que as três instituições em causa receberam "reforços extraordinários" nos anos de 2015, 2017 e 2018, sendo que nestes três anos, os Politécnicos de Castelo Branco e de Santarém receberam cada um 3,7 milhões de euros e Tomar 1,4 milhões de euros.

 

O Ministro da tutela, Manuel Heitor já veio explicar que os processos de reestruturação nestes três institutos incidem em aspectos como a capacidade de gestão ou a partilha de recursos, com o objectivo de tornar as instituições "mais flexíveis" e "mais abertas" à procura das suas regiões.

 

"Por exemplo, em Castelo Branco o processo em curso impõe alterar totalmente a actual estrutura organizativa para haver uma melhor partilha de recursos para haver uma melhor adequação da oferta à procura", disse

 

O Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos garantiu que os salários de Novembro e o subsidio de Natal dos institutos politécnicos de Castelo Branco, Santarém e Tomar foram pagos na data prevista, mas admite a existência de dificuldades financeiras, refere o JN, que menciona declarações do presidente do CCISP, citado pela L usa. 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2020 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados