RCB/TuneIn
Segunda, 11 Nov 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
ANTÓNIO GOMES RECANDIDATA-SE
Rádio Cova da Beira
António Gomes recandidata-se à presidência da direção da Associação de Beneficiários do Regadio da Cova da Beira. As eleições serão em março do próximo ano, mas a decisão da recandidatura está tomada.
Por Paula Brito em 29 de Oct de 2019

“E se a minha equipa quiser ir toda comigo, não mudo nenhum, é uma excelente equipa. Recandidato-me porque acho que ainda há muito para fazer por este regadio. Eu dou alguma razão ao Ministro da Agricultura quando diz temos de arranjar maneira de incentivar os agricultores a tratarem o que está dentro do regadio, mas eles têm que nos dar ferramentas, isto é, o cadastro.”

Além do aproveitamento do regadio dentro do perímetro, que atualmente só está a ser aproveitado a 40%, outro dos objetivos do próximo mandato é reduzir as perdas de água sobretudo no bloco mais antigo do regadio da cova da beira, que é responsável por perdas de água de 30%.

“Se um dia o regadio da Cova da Beira chegar a uma percentagem de 70% de rega dentro do perímetro do regadio, consome mais cerca de 80% da água disponível nas barragens, se nada for feito no bloco da Meimoa e no canal condutor geral.”

António Gomes defende que o regadio da Cova da Beira não pode fornecer o regadio a sul da Gardunha, por não ter água suficiente para todos, e vai bater-se para que isso não aconteça.

“O único estudo que me chegou à mão indicava isso, uma conduta que leva cerca de 1.200 litros por segundo a descer da barragem da Meimoa até ao sul da Gardunha. É evidente que quem faz estes estudos parte de uma eficiência do regadio a 100%, mas nenhum regadio é eficiente a 100%, as perdas representam 30%.”

Uma posição que, admite, não é bem vista pelo município do Fundão.  


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados