RCB/TuneIn
Quarta, 13 Nov 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
CORES PARA O DESENVOLVIMENTO EM CASTELO BRANCO
Rádio Cova da Beira
A associação «Ecogerminar» sediada em Castelo Branco assinou um protocolo com a fundação Calouste Gulbenkian para o início da das actividades da academia “Cores para o Desenvolvimento”. Foram apresentadas a este projecto cerca de 1000 candidaturas mas apenas 70 foram aprovadas.
Por Nuno Miguel em 19 de Oct de 2019
Esta academia tem por base a metodologia do projecto «Arco Iris» coordenado pela Universidade do Minho e é destinado a professores do primeiro ciclo de escolaridade e a alunos que se encontram a frequentar o quarto ano de escolaridade. Os docentes vão receber formação credenciada sobre a metodologia inserida no livro “Sarilhos do Amarelo”, durante o primeiro período lectivo, e no segundo e terceiro período, serão aplicados os conhecimentos adquiridos aos alunos. Neste momento, a «EcoGerminar» em integrar esta iniciativa.
Em comunicado, a associação refere que os principais objectivos deste projecto passam por “capacitar professores para novas metodologias de formação e ensino, para poderem ensinar as crianças a treinar os seus processos de autorregulação da aprendizagem, da autonomia e da responsabilidade ao longo da vida” e ainda “a criação de uma comunidade de agentes educativos em Castelo Branco, de referência para novos processos de mudança e de questionamento face aos novos desafios educativos e às exigências de formação continua e de aprendizagem com base na experiência entre pares”.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados