RCB/TuneIn
Sexta, 15 Nov 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
SOCIEDADE
FOGO EM VILA DE REI FOI O QUE CONSUMIU MAIS ÁREA
Rádio Cova da Beira
Dos vinte maiores incêndios ocorridos desde o início do ano até ao passado dia 30 de Setembro, três localizam-se no distrito de Castelo Branco.
Por Paulo Pinheiro em 15 de Oct de 2019

De acordo com os dados provisórios do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), o incêndio que ocorreu em 20 de Julho no concelho de Vila de Rei, no distrito de Castelo Branco, foi o que mais área consumiu este ano, um total de 9.249 hectares.

No concelho da Sertã, a 13 de Setembro, as chamas consumiram uma área de 721 hectares. Também considerando de grandes dimensões, o incêndio que em Agosto de 2019 deflagrou em Pêro Viseu (Fundão), e que destruiu 322 hectares de área.

De acordo com o ICNF, a área ardida este ano aumentou, totalizando 41.014 hectares.

Até final do passado mês de Setembro, os incêndios rurais ocorridos resultaram em mais de 41 mil hectares de área ardida, uma ligeira subida em relação ao mesmo período de 2018.

O relatório provisório sobre incêndios rurais do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) adianta que o ano de 2019 apresenta, até 30 de Setembro, o terceiro valor mais baixo em número de incêndios e o terceiro valor mais reduzido de área ardida, dos últimos 10 anos.“

Comparando os valores do ano de 2019 com o histórico dos 10 anos anteriores, assinala-se que se registaram menos 44% de incêndios rurais e menos 62% de área ardida relativamente à média anual do período”, lê-se no relatório, frisando que os anos que apresentam dados inferiores são 2014 e 2018.

O mesmo documento dá igualmente conta de que foram investigados, até à data, 7.867 incêndios dos 10.359 registados, sendo as causas mais frequentes o “incendiarismo – imputáveis” (28%) e “queimadas de sobrantes florestais ou agrícolas” (17%).

O ICNF indica ainda que, em área ardida, o distrito mais afectado foi Santarém, com 6.711 hectares, cerca de 16% da área total ardida até à data, seguido de Castelo Branco com 6.391 hectares (16% do total) e de Vila Real com 3.243 hectares (8% do total).


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados