RCB/TuneIn
Segunda, 21 Out 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
RÉQUIEM DE CIPRIANO EM EXPOSIÇÃO INTERNACIONAL
Rádio Cova da Beira
“Réquiem em memória de Aristides Sousa Mendes”, de Luís Cipriano, foi a obra escolhida pela Associação Internacional da Memória do Holocausto, para a exposição que estará patente nos Arquivos Nacionais do Luxemburgo em Novembro. Antes, o Coro Misto da Beira Interior parte para a Croácia com o apoio, pela primeira vez em 30 anos, do Ministério da Cultura.
Por Paula Brito em 10 de Oct de 2019

A escolha do Réquiem, composto por Luís Cipriano e interpretado pelo Coro Misto da Beira Interior, é uma boa prenda para o coro que está a comemorar 30 anos de existência.

 

“Eu acho que é uma distinção gira para o próprio coro, nem falo de mim como compositor, porque a obra pode ter sido muito bem composta mas se não fosse bem cantada, ninguém lhe pegava. Aí está a prenda dos 30 anos, veio lá de fora, mas como não somos nós que pagamos os portes!”

 

O Coro Misto da Beira Interior tem agendada para o final do mês uma participação num concurso internacional de coros, na Croácia. Em 30 anos de vida, é a primeira deslocação do Coro que conta com o apoio do Ministério da Cultura.

 

“Eu disse à senhora secretária de estado que esperava, uma vez que eu tenho 55 anos, não tenha o próximo prazer ao 85, tendo em conta que é o coro com mais prémios internacionais, este apoio só peca por tardio, mas ainda bem que aconteceu, senão desta vez não conseguiríamos ir.”

A partida é no final do mês, e a expectativa é, como sempre, elevada.

 

“O resultado mínimo é uma medalha de ouro, se conseguirmos ganhar duas, temos que reunir para perceber porque é que não ganhámos três, se ganharmos três, temos que reunir para perceber porque é que não ganhámos quatro, se ganharmos quatro temos que ver os próximos objectivo, nada pode ser estanque neste coro.”

 

Durante da participação no concurso internacional, o Coro Misto da Beira Interior, vai ainda realizar dois concertos, com o seu trabalho de fado.

 

“Fomos convidados para dar um salto à Bósnia para fazer um concerto, e depois do concurso ainda temos um concerto no Montenegro. Nestes concertos o programa é o fado, e achei curioso, naquele lado do mundo, pedirem-nos especificamente este programa, dedicado à música portuguesa.”

 

Luís Cipriano em entrevista ao programa “Flagrante Directo” da RCB no último fim-de-semana. 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados