RCB/TuneIn
Segunda, 21 Out 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
FESTIVAL LITERÁRIO CHEGA EM OUTUBRO À GARDUNHA
Rádio Cova da Beira
São cerca de 20 escritores, jornalistas e ensaístas que nos dias 26 e 27 de Outubro fazem o festival literário da Gardunha, com conversas. Uma viagem que este ano tem como subtema as migrações. Uma escolha que cai que nem cerejas, num concelho onde 500 estrangeiros fixaram residência nos últimos anos.
Por Paula Brito em 04 de Oct de 2019

A maioria vem do Reio Unido, cerca de 300, e os restantes, sobretudo de Brasil, França e Espanha. A estes novos residentes, que escolheram o Fundão pelo contacto que a natureza lhes proporciona criando eco-comunidades, juntam-se os 26 refugiados que o gabinete para a inclusão está a integrar, os 25 trabalhadores do centro de trabalho temporário que vêm do Nepal, a residência de estudantes, de S. Tomé e Príncipe, que estudam na escola profissional e as 32 nacionalidades que a empresa Altran acolhe no centro de negócios.

  

Daí a importância do subtema do festival literário que dedica a sua quinta edição às migrações, como referiu esta manhã, na conferência de imprensa de apresentação do festival, Alcina Cerdeira, vereadora com o pelouro da cultura.

 

“Este ano quisemos trazer um tema importante e actual, as migrações, que vieram mudar a paisagem cultural e social do concelho do Fundão.”

 

Um tema que é um desafio para os convidados: escritores, ensaístas e jornalistas.

 

“Foi sempre a nossa política conjunta, conseguirmos fazer deste encontro, um encontro intercultural, todos eles têm uma obra criativa e literária publicada, alguns na área do ensaísmo e do jornalismo, disto vai resultar uma troca de opiniões diferente, a ideia de os misturar nas diferentes mesas é propositada, para termos três perspectivas diferentes.”

 

Segundo a directora do festival, Margarida Reis, todos os convidados dispensam apresentações, por serem conhecidos do público e terem uma vasta obra publicada.

 

Alexandra Prado Coelho, Bernardo Pires de Lima, Bruno Vieira Amaral, Fernando Pinto do Amaral, Filipa Martins, Francisco José Viegas, Inocência Mata, João Morgado, José Milhazes, Liliana Ferreira, Luís Filipe Castro Mendes, Maria João Ruela, Onésimo Teotónio de Almeida, Possidónio Cachapa, Raquel Ochoa e Raquel Varela são os convidados da quinta edição do festival literário da Gardunha organizado pelo município do Fundão e A23 Edições.

 

As conversas decorrem nos dias 26 e 27 de Outubro, na Moagem, mas o festival começa no final da tarde de sexta-feira com uma homenagem a Manuel da Silva Ramos. O escritor covilhanense, que está a assinalar 50 anos de vida literária, vai ser homenageado na biblioteca municipal Eugénio de Andrade, no dia 25 de Outubro, às 18h, numa  mesa de amigos e apreciadores da sua obra.

 

“Teremos uma mesa bem composta, com pessoas que trabalharam a sua obra, quer em termos de crítica, quer em termos de prefácio, ou opinião e que são Fernando Paulouro, Rui Zink, Tiago Salazar, Miguel Martins, Miguel Real e Mário Fernandes.

 

Um concerto, no Octógono, no sábado à noite, com a Orquestra de Jazz de Matosinhos, vai trazer música à literatura, numa viagem pelos tempos do jazz. 


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados