RCB/TuneIn
Terça, 10 Dez 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POLÍTICA
CDS/PP APRESENTA PROPOSTAS PARA A SAÚDE
Rádio Cova da Beira
A lista de candidatos a deputados do CDS/PP pelo distrito de Castelo Branco às eleições legislativas do próximo domingo apresentou as propostas que pretender ver implementadas depois do acto eleitoral para melhorar a prestação de cuidados de saúde às populações da região.
Por Nuno Miguel em 30 de Sep de 2019
De acordo com o CDS/PP “o distrito tem apresentado um défice em termos de médicos, enfermeiros técnicos e auxiliares de acção médica, o que limita o acesso à saúde das populações e um atraso nas primeiras consultas de cada especialidade”. Os candidatos sublinham que “o material que se utiliza está obsoleto, alguns aparelhos não estão a ser reparados e há uma promessa há dois anos de um centro de cardiologia de intervenção, que não acontece, bem como o centro oncológico do Fundão. As condições físicas de alguns centros de saúde são más”.
O CDS defende por isso a criação de uma rede concertada “entre hospitais, serviços sociais e oferta privada” que permita aos cidadãos aceder ao serviço que pretendem “sem pagar mais por isso. Tal facto iria promover um acesso mais rápido a tratamentos e reduzir as listas de espera”.
A ligação concertada dos serviços hospitalares do distrito “de forma a conseguir ter internatos médicos a funcionar em todas as especialidades” e “acabar com os jobs for the boys nas administrações hospitalares, com uma vigilância sobre a orientação e com pedidos de responsabilização à administração”.
Outra das propostas apresentadas passa pela contratação de mais profissionais para o sector da saúde “um reforço progressivo das contratações em falta após as 35 horas instituídas e ainda um reforço das tecnologias que cada hospital possa prestar. Queremos a simplificação da organização de saúde, com extinção das ARS, autonomia hospitalar e sobretudo pedidos de responsabilidades. Propomos um melhor financiamento das estruturas de saúde com orçamento plurianual, pagamento atempado aos fornecedores e mais responsabilização em termos de gastos e resultados”. 

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados