RCB/TuneIn
Segunda, 21 Out 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
CULTURA
JOSÉ SIMÃO INTEGRA PROJECTO INTERNACIONAL
Rádio Cova da Beira
O escultor albicastrense José Simão participa com três medalhas num projecto intitulado “Progression”, que integra artistas japoneses e portugueses, que será exposto em cidades de três continentes: Nova Iorque em 2019, Kioto em 2020 e termina em Portugal em 2021 na cidade do Seixal.
Por Paulo Pinheiro em 30 de Sep de 2019

A exposição já está patente em Nova Iorque, desde o passado dia 14 de Setembro e prolonga-se até 23 de Novembro, na Medialia  Gallery, situada bem no centro de Manhatan.

Em Kioto será realizada na Galeria H2O, no Japão entre 20 de Outubro e 1 Novembro, aproveitando também a realização do Congresso da FIDEM (Federação Internacional da Medalhística) em Tóquio e no qual José Simão também participa.

Em 2021 a mostra chega a Portugal e será apresentada em galeria do Município do Seixal.

Os escultores portugueses pertencem ao grupo de Anverso Reverso Medalha Contemporânea.

O escultor albicastrense seleccionou para este evento a medalha dos 500 anos do falecimento do Poeta João Roiz de Castelo Branco, editada pelo Município de Castelo Branco em 2015 e duas medalhas projectadas para o evento Progression, Janelas para o Futuro e Poema ao Universo “que reflectem sobre a fragilidade do planeta Terra, e a necessidade de encontramos modos de vida sustentáveis”.

De acordo com José Simão, a ideia passa por criar, gerir utilizar e transformar os recursos locais de modo a contribuir para as economias locais e nacionais, e com isso criar condições para a ocupação do território, preservando a identidade, ampliando os saberes das culturas locais, atraindo visitantes que procuram conhecer e experienciar.

Nessas peças são utilizadas madeiras de medronheiro, pessegueiro, esteva, liquidâmbar e sementes de tília, materiais que estão disponíveis localmente.

 O projecto internacional consiste na realização de três exposições que vão completar uma volta ao mundo, e em que os autores criaram peças temáticas, foi apoiado pela Imprensa Nacional Casa da Moeda, Museu da Casa da Moeda, Instituto Camões, Câmara Municipal de Castelo Branco, Câmara Municipal do Seixal, Medialia Gallery e Grupo Anverso Reverso.

Refira-se que o projecto será editado num catálogo trilingue, português, inglês e japonês.

 

Sobre o escultor José Simão

Nasceu em Castelo Branco em 1960. Licenciado em Escultura pela Faculdade de Belas-Artes de Lisboa. Bacharel em Engenharia de Máquinas pelo ISEL. Professor no Instituto Politécnico de Castelo Branco. Escultor e medalhista. Várias vezes premiado em concursos públicos. Em 1998 foi distinguido com o Prémio para a Melhor Medalha Cunhada, no XXVI Congresso Internacional da FIDEM em Haia.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados