RCB/TuneIn
Segunda, 25 Mar 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL√ćTICA
QUEREM ACABAR COM O T?XTIL NA EUROPA
A ideia ? defendida por Jos? Robalo, presidente da direc??o da associa??o nacional dos industriais de lanif?cios (ANIL), ? sa?da da reuni?o que manteve com Pedro Guerreiro deputado do PCP no Parlamento Europeu.
Por César Duarte Ferreira em 25 de Feb de 2008

O deputado comunista esteve de visita ao distrito, para aprofundar o conhecimento sobre a situação que vive o sector, na sequência do trabalho que os comunistas têm efectuado em Bruxelas. Para Pedro Guerreiro, a industrial têxtil tem futuro mas precisa de modernizar-se, por isso, defende, a existência de um programa próprio do quadro de referência estratégica nacional. Para o deputado “ não faz sentido termos um sector, que faz com qualidade esses produtos, venha a ser destruído por importadores que só querem aumentar as margens de lucro ao importar de países do terceiro mundo.”

Com todos estes ataques a esta indústria, José Robalo, presidente da ANIL, deixa o aviso no fim da reunião que manteve com o deputado europeu. “Parece que querem, na Europa, acabar com o têxtil.”

Pedro Guerreiro, que depois das reuniões com a ANIL e STBB, participou num debate sobre a “flexisegurança” e o livro branco das relações laborais, que o deputado apelidou de “livro negro”. Pedro Guerreiro, afirma que “os trabalhadores têm perdido muitos direitos e poder de compra e a flexisegurança não é mais do mesmo mas é pior.”

As preocupações e as criticas do deputado do PCP, na visita efectuada ao distrito de Castelo Branco.


  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados