RCB/TuneIn
Segunda, 23 Set 2019
PUB
UBI
CIMD Cabecalho
POL√ćTICA
BE PROMOVE ABAIXO ASSINADO
Rádio Cova da Beira
A comiss√£o coordenadora distrital do Bloco de Esquerda vai iniciar amanh√£ um conjunto de ac√ß√Ķes de recolha de assinaturas em defesa da nacionaliza√ß√£o dos CTT.
Por Nuno Miguel em 09 de Sep de 2019

As iniciativas no distrito de Castelo Branco estão inseridas no âmbito de uma campanha nacional que o Bloco de Esquerda está a promover em relação à nacionalização dos CTT. Em comunicado, aquela força política sustenta que “entre 2005 e 2012, a empresa acumulou lucros de 438 milhões de euros, valores que deixam de somar ao orçamento de estado após a privatização”, acrescentado que a empresa “está a encerrar balcões, a preparar novos despedimentos e a vender património valioso em nome da poupança operacional apesar da distribuição de lucros acima dos 60 milhões por ano, chegando a dividir pelos accionistas um valor superior aos resultados”.

O Bloco de Esquerda acrescenta que “nos últimos meses a administração, apesar de ter anunciado a integração de mais 150 trabalhadores só no primeiro semestre deste ano gastou mais de seis milhões em indemnizações alegadamente amigáveis. O seu poder de influência diminuiu, com menos 78 estações de correio, menos 19 centros de distribuição, existindo mesmo mesmo 33 concelhos sem qualquer estação de correio, sendo que existem 879 freguesias a assegurar alguns dos serviços dos CTT”.

No distrito de Castelo Branco, as acções de recolha de assinaturas vão ser dinamizadas pelos elementos que integram a lista de candidatos a deputados nas eleições legislativas do dia seis de Outubro. A primeira decorre amanhã em Alcongosta, no concelho do Fundão. Posteriormente vão decorrer outras iniciativas nos dias 14 de Setembro em Castelo Branco (nas Docas) e no dia 28 no mercado municipal da Covilhã.

  Redes Sociais   Facebook

2007—2019 © Rádio Cova da Beira

Todos os direitos reservados